Até eles

A terceira edição do estudo da Câmara Americana de Comércio (Amcham Brasil) sobre Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) junto a representantes do setor de teles revela que 50% admitiram que “raramente” a agência protege os direitos dos usuários, sejam pessoas físicas ou jurídicas, contra 21% que afirmaram o mesmo ano passado. Em 2004, 66% afirmaram que “geralmente” a Anatel protegia os usuários. Este ano, apenas 38% se arriscaram a dar a mesma resposta.
Foram ouvidos representantes de operadoras de telefonia fixa e móvel; serviços limitados especializados ou de comunicação multimídia, de comunicação eletrônica de massa por assinatura, de satélites e radiodifusão; fabricantes e fornecedores de equipamentos e tecnologia; fornecedores de conteúdo; prestadores de serviços; consultorias; associações do setor; e órgãos públicos.

Favelas
A parceria entre município, estado e governo federal é a única saída para o fim do processo de favelização no Rio de Janeiro, defende o presidente do Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon-Rio), Roberto Kauffmann. Segundo ele, não se pode culpar unicamente a prefeitura, pois questões de segurança e ambientais também devem ser analisadas, assim como é necessário que se encontrem lugares para transferir a população das favelas. O empresário lembrou que recursos não faltam. “Este ano tivemos um orçamento de R$ 11,2 bilhões, só de recursos oriundos do FGTS. E até agora foram aplicados pouco mais de R$ 2,8 bilhões. Com projetos, que existem, e vontade política, temos como evitar o caos que se aproxima das cidades com esse processo de favelização desenfreado”, sentenciou.

Rio da Guarda
Estranho é o retorno, após 40 anos, da tese de remoção das favelas.

Tarefa hercúlea
Os caminhos para conter o avanço da corrupção no Brasil é o tema da conferência que será proferida pelo diretor-executivo da ONG Transparência Brasil, Cláudio Weber Abramo, no 5º Congresso Brasileiro de Comunicação no Serviço Público, que será realizado de 20 a 21 de outubro, na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), em São Paulo. Inscrições para o congresso podem ser feitas através do site www.megabrasil.com. Mais informações pelo telefone (11) 5573-3627.

Milagre
O senador Marcelo Crivella e parlamentares da bancada federal do Rio de Janeiro darão um abraço simbólico ao redor da estrutura da obra do Hospital de Queimados, no domingo, às 12h30m. As obras, garante Crivella, serão concluídas ano que vem, antes do término do mandato do presidente Lula.

Responsável
Viviane Senna, que comanda o Instituto Ayrton Senna, foi eleita Líder Empresarial Nacional de Responsabilidade Social pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB). Em 2004, o escolhido foi o presidente da Nestlé Brasil, Ivan Zurita. Viviane receberá o prêmio no dia 23 de novembro. A votação foi realizada por conselheiros e diretores da ADVB, além de personalidades da área de responsabilidade social. Para o presidente da ADVB-SP, José Zetune, a escolha de Viviane Senna “foi justa e coerente com o que ela representa para país. É um reconhecimento ao trabalho que a empresária desenvolve ao longo de sua carreira como uma gestora socialmente responsável”.

Socialismo
Nesta segunda-feira, será realizado debate com Michael Lowy sobre Ecologia e Socialismo, tema de seu mais recente livro. Brasileiro, radicado há quatro décadas na França, Löwy é especialista nas obras de Marx, Rosa Luxemburgo e Lukács. É autor de Estrela da Manhã – Surrealismo e Marxismo (Civilização Brasileira), A Teoria da Revolução no Jovem Marx (Vozes), e Romantismo e Messianismo (Perspectiva), entre outros. O filósofo Leandro Konder e o cientista político Carlos Nelson Coutinho serão os comentadores. O evento será na Uerj.

Antônio Franco
A declaração do ministro da Fazenda, Antônio Palocci, de que a sobrevalorização do real é uma forma de garantir a renda das famílias e reflete os bons “fundamentos” da economia não deixa dúvidas: o PT aderiu até ao populismo cambial tucano, capitaneado por Gustavo Franco.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCágado
Próximo artigoDisputa pela usina de Estreito

Artigos Relacionados

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Últimas Notícias

Startup lança soluções para indústrias e pequenas e médias empresas

ReFact aposta em tecnologia própria inovadora para agilizar e unificar informações dos clientes no e-commerce.

Produção de cerveja retoma ao patamar de 2014: 14,1 bi de litros

Número de brasileiros que apreciaram uma cerveja em casa saltou para 68,6% em 2020, ante os 64,6% de 2019, de acordo com a Kantar.

Bem Brasil Alimentos acelera exportações de batatas pré-fritas

Indústria mineira realizou embarques para Bolívia, Uruguai e Estados Unidos e projeta quadruplicar o volume de vendas em 2021.

Vale cancela ações em tesouraria sem reduzir o valor do capital social

O Conselho de Administração da mineradora Vale aprovou o cancelamento de 152.016.372 ações ordinárias de emissão da companhia adquiridas em programas de recompra anteriores...