Austeridade boliviana

Enquanto no Congresso Nacional, os parlamentares recebem dois subsídios extras e entram em recesso, o presidente eleito da Bolívia, Evo Morales, anuncia que seu primeiro ato de governo será reduzir à metade o próprio salário, o do seu vice, dos seus ministros e dos parlamentares. Com a redução, Morales, eleito pelo Movimento ao Socialismo (MAS), passará a receber a partir do próximo dia 22, quando toma posse, entre 14 mil e 15 mil bolivianos (cerca de R$ 4.200). Numa decisão ainda mais popular, o presidente boliviano eleito prometeu “anular totalmente” a remuneração dos 157 suplentes de parlamentares. Morales promete destinar a economia que resultar dessa medida à criação de um fundo para contratar mais funcionários para saúde e educação.

Armamento
A Índia negocia com a Rússia um pacote de compra de armas, num negócio que pode chegar a US$ 10 bilhões, segundo o  ministro da Defesa indiano, Pranab Mukherjee, citado pela agência de notícias russa Interfax. O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Ivanov, informa que os contratos devem incluir armamento para Marinha, Aeronáutica e Exército indiano, além da produção conjunta de equipamentos militares. A Índia é a segunda maior compradora de armas de Moscou, depois da China. Ela responde por quase 40% das exportações de armas da Rússia, que, ano passado, atingiram o recorde de US$ 5,12 bilhões.

Aprovada
Apenas 4% dos turistas estrangeiros que visitaram o Rio de Janeiro na virada de ano não pretendem voltar à cidade. É o que mostra pesquisa feita na Zona Sul e no Centro com 1 mil visitantes estrangeiros, coordenada pelos professores Bayard Boiteux e Maurício Werner, do Curso de Turismo da UniverCidade, com apoio da Secretaria Especial de Turismo da Prefeitura do Rio de Janeiro. Os turistas apontaram como maior atrativo o Pão de Açúcar, vindo em seguir o Corcovado, a Floresta da Tijuca e Jardim Botânico. Dos Estados Unidos vieram 27% dos entrevistados; 17% eram franceses, 15%, italianos, 12%, portugueses, 11%, alemães, 9%, espanhóis, 4%, japoneses, 3%, argentinos, e 2%, canadenses.

Positivo
A pesquisa com turistas estrangeiros derruba críticos da governadora Rosinha Garotinho e do prefeito Cesar Maia. Entre os pontos positivos, 8% dos visitantes estrangeiros destacaram a segurança nas áreas turísticas, setor alvo de críticas pela mídia que ataca a governadora. No lado municipal, a limpeza da cidade foi aplaudida por 17% dos turistas. Quase um terço dos entrevistados apontou a receptividade da população como ponto mais positivo do Rio. Já o principal motivo de queixa foi sobre a população de rua.

Patrocínio
O Instituto de Políticas Públicas Florestan Fernandes, homenagem ao sociólogo e ex-deputado do PT, recebeu quase de R$ 8,7 milhões em patrocínio da Petrobras em 2004, informa o deputado Sílvio Torres (PSDB-SP), integrante da CPI dos Correios. Naquele ano, apenas o clube de futebol Flamengo obteve mais recursos da Petrobras (R$ 12 milhões) do que a ONG que reúne em sua assembléia geral petistas como José Dirceu, o senador Aloizio Mercadante, José Genoíno, Arlindo Chinaglia (SP) e Frei Beto.

Dólar ajuda
O Custo Unitário Básico da Construção Civil (CUB Residencial), fechou 2005 com alta acumulada de 5,10% – em dezembro, subiu 0,11%. Com ajuda do dólar fraco, aço e cimento tiveram quedas acentuadas, de 4,76% e 35,29%, respectivamente, e foram os maiores responsáveis pela redução na variação anual do CUB. O custo de materiais caiu 1,96%, enquanto o de mão-de-obra aumentou 11,95%.

Isonomia
Trabalhadores contrários à proposta do presidente Lula de, sob a capa de “reforma trabalhista”, reduzir direitos trabalhistas, estão defendendo importante mudança no projeto caso ele venha, de fato, a ser votado no Congresso: acabar com os sindicatos. Em seu lugar, os trabalhadores passariam a ser representados pelas agências reguladoras, aquelas que não perdem uma batalha em defesa das concessionárias instaladas no país.

Ooops
Nota aqui publicada na terça-feira trocou dólares por reais nos custos de Furnas na hidrelétrica do Rio Madeira: ao invés dos mencionados R$ 33 são US$ 33 (cerca de R$ 80) por megawatt/hora. Nesse cálculo, porém, já estão incluídos os gastos para mitigar o impacto ambiental da obra. Ou seja, o lucro continua elevado em relação aos R$ 120/mWh alcançados no leilão de energia nova.

Artigo anteriorCusto Brasil
Próximo artigoAtchim milionário
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Vacinas vendidas por até 24x o custo de produção

Aliança denuncia altos lucros dos laboratórios.

Energia rara e cara

Modelo equivocado colocou Brasil entre os campeões de tarifas elevadas.

União perde bilhões de dólares no petróleo

Lei isentou campo mais produtivo de pagamento de participações especiais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bahia e Sergipe exercerão direito de preferência em relação à Gaspetro

Privatização pode levar a monopólio de 2/3 do gás canalizado do país.

Câmara aprova projeto que privatiza os Correios

Nos EUA, ninguém pensa em abrir mão do serviço estatal.

Banco Mundial fez desembolso recorde para América Latina

Recursos para combater efeitos da pandemia na região que concentra 1 em cada 3 mortes globais.

Preço do diesel avançou quase R$ 1 por litro até julho

Valor médio registrado nos postos no último mês foi de R$ 4,803.

Saindo da bolha para o concreto

Por Ranulfo Vidigal.