Austeridade seletiva

Ao mesmo tempo em que busca facilitar as demissões num país em que o desemprego já atinge 23% da população economicamente ativa, o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, anuncia uma anistia fiscal que beneficiará 25 bilhões de euros sonegados o Tesouro espanhol. Com o perdão de impostos e multas, o mesmo governo que defende austeridade para seus assalariados se limitará a arrecadar 2,5 bilhões de euros, ou 10% do devido pelos fraudadores.

Camaleão
Apenas dois anos atrás, quando Rajoy era o líder da oposição, e especulou-se a possibilidade de o PSOE, então no governo, conceder uma anistia fiscal, que não se materializou, o político direitista classificou a medida como “uma ocorrência” que o PP não apoiaria sob hipótese alguma: “É ultrajante que se dê uma anistia fiscal àqueles que têm fraudado o Tesouro”, disse  Dolores Cospedal, a então número dois do PP, como recordou o jornal El País.

O país dos ótimos
A informação, divulgada pelo Banco Central (BC), de que, mês passado, o setor público (União, estados e municípios) desviou R$ 9,514 bilhões para a gastança com juros, perversão social qualificada como superávit primário pelos economistas, foi apresentada pelo jornalismo financeiro como “o melhor resultado” para fevereiro desde o início da série histórica do BC, em 2001.  Faltou, no entanto, complemento essencial: ótimo para quem, cara pálida?

Embaixo da telona
A obsessão dos Estados Unidos por estatísticas tão antiga quanto o desejo de sua elite tentar se antecipar a acontecimentos sociais fora do roteiro que pauta a singular democracia estadunidense. Com o prêmio pago pela Mega Millions – a Mega Sena turbinada deles – em US$ 640 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão), porém, esse hábito atingiu proporções delirantes. Alguma mente ociosa estimou que existiriam nove vezes mais chances de uma pessoa morrer atingida por uma televisão do que de ganhar o prêmio com uma única aposta de US$ 1.

Oportuno
Estimular a participação da sociedade no acompanhamento e no controle da gestão que garanta o uso correto e eficiente do dinheiro público é a proposta da 1ª Conferência Livre sobre Transparência e Controle Social que o Conselho Regional de Contabilidade do Rio (CRCRJ) realiza nesta segunda-feira. As propostas serão utilizadas na elaboração do Plano Nacional sobre Transparência e Controle Social, que será definido na Conferência Nacional a ser realizada em maio, em Brasília. Mais informações: www.crcrj.org.br

Causa comum
A pasteurização da política brasileira não se limita às crescentes semelhanças entre os programas de governo do condomínio PT/PSDB/DEMas, que se reveza no poder há quase duas décadas. Também na hora de tratar dos seus interesses junto à Justiça, demistas e petistas fazem opções similares. Advogado do ex-líder do DEM no senado Demóstenes Torres, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, também representa o ex-ministro José Dirceu. Antes de se tornar um zumbi político, Demóstenes era uma das mais enfáticas vozes a pedir a condenação de Dirceu pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão. Agora…

Ativos do Kakay
No portfólio jurídico de Kakay, em cerca de 30 anos de carreira, inclui a defesa de dois presidentes da República (José Sarney e Itamar Franco), um vice-presidente (Marco Maciel), cinco presidentes de partido, 40 governadores, dezenas de parlamentares e 13 ministros do governo FH, três administração de Lula e dois da de Dilma. Kakay também já defendeu banqueiros como Daniel Dantas, Joseph Safra e Salvatore Cacciola.

Copa mais bacana
A reforma do complexo de chafarizes da Avenida Princesa Isabel, que vai do Túnel Novo até a esquina da Praia de Copacabana, será inaugurada neste domingo, às 9h. A obra foi realizada pela Cedae, em parceria com a Prefeitura e com Hotel Windsor Atlântica. “Vale destacar que o sistema instalado pela Cedae naquele chafariz é totalmente ecológico, pois a água utilizada é recirculada, evitando desperdícios”, destaca o presidente da Cedae, Wagner Victer.

Música, bebê
Uma coletânea inspirada nos ícones da MPB, num formato diferenciado, no estilo caixinha de música. Essa é a Coleção MPBebê, recém-lançada pela gravadora Performance Music. O intuito é apresentar aos filhos grandes sucessos ouvidos pelos pais. O primeiro volume traz canções de Renato Russo, como Que país é esse?

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInflação oculta
Próximo artigoCrise? Que crise?

Artigos Relacionados

É urgente a revogação da PPI

Federação do Fisco taxa PEC de Bolsonaro de eleitoreira.

Olavo de Carvalho, quem diria, já escreveu no MM

Críticas à ‘Nova Ordem Mundial’, ‘Globo’, ‘Time’ e Garotinho.

Commodities voltam a subir e ameaçam inflação

Brasil dependerá, mais que nunca, do comportamento do real frente ao dólar.

Últimas Notícias

Taxa de juros dos EUA se mantém, mas deve subir em março

O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve (Fed), Banco Central dos EUA, anunciou nesta quarta-feira, manter a...

Cargas tributárias foram aliviadas em 2021 na China

A China cortou cerca de 1,1 trilhão de iuanes (US$ 173,9 bilhões) em impostos e taxas em 2021, em meio aos esforços do país...

Receita de máquinas e equipamentos aumentou 21,6% em 2021

A receita líquida do setor de indústria de máquinas e equipamentos no país aumentou 21,6% em 2021, na comparação com o ano anterior, revela...

Petrobras faz inspeções remotas e intervenções preventivas

Com destino ainda incerto considerando a ótica do governo atual que em diversas vezes cogitou publicamente em colocar a estatal na lista da privatização,...

Vistoria remota reduz custos e protege as pessoas

Em tempos de pandemia, a Delphos disponibiliza uma ferramenta que atende à necessidade de proteção da vida das pessoas, sejam os profissionais que fazem...