Redação

9802 POSTS0 COMENTÁRIOS

Itália é o segundo país europeu que mais vende alimentos ao Brasil

Portugal lidera ranking; Brasil também tem nichos de mercado para alimentos da Jordânia.

Cana: safra começa com qualidade e produtividade inferiores à anterior

Indicadores de qualidade e produtividade em abril são negativos, mas clima pode contribuir para a recuperação.

Ford anuncia venda da fábrica de Taubaté

No ano passado, montadora anunciou o fim de suas atividades no país.

Carga de energia aumentou 2,2% em abril ante 2021

ONS: Subsistema Sudeste/Centro-Oeste registra variação positiva de 4,8%.

Quatro em 10 brasileiros pretendem pedir crédito nos próximos 90 dias

Intenção atingiu maior patamar desde junho de 2021; dívidas são o principal motivo.

Healthtechs e edtechs rivalizam com fintechs por investidores

Startups de saúde e de educação se aproximam das empresas de tecnologia financeira na disputa pelos aportes

Mercados dão continuidade a movimento negativo visto desde ontem

Bolsas e commodities cedem, enquanto as curvas de juros dão um alívio; moedas são a exceção e avançam contra o dólar.

Conab aponta para safra de café em 53,4 milhões de sacas

Nos quatro primeiros meses, país já exportou 14,1 milhões de sacas de 60 kg; volume é 10,8% menor que o exportado em igual período de 2021.

Últimas notícias

Itália é o segundo país europeu que mais vende alimentos ao Brasil

Portugal lidera ranking; Brasil também tem nichos de mercado para alimentos da Jordânia.

Cana: safra começa com qualidade e produtividade inferiores à anterior

Indicadores de qualidade e produtividade em abril são negativos, mas clima pode contribuir para a recuperação.

Ford anuncia venda da fábrica de Taubaté

No ano passado, montadora anunciou o fim de suas atividades no país.

Títulos chineses detidos por instituições estrangeiras diminuem

Instituições estrangeiras diminuíram suas participações em títulos interbancários chineses, segundo um relatório divulgado pela sede do Banco Popular da China em Shanghai.

Operações financeiras de Shanghai estão estáveis apesar da epidemia

O centro financeiro da China, Shanghai, conseguiu manter suas operações financeiras estáveis apesar do recente ressurgimento da COVID-19.