Autojustificável

Cada voto retirado do requerimento de criação da CPI da Corrupção constitui-se numa justificativa a mais para a instalação da comissão, agregada agora da necessidade de verificar a gênese deste súbito gesto. Além disso, a engenharia montada para transformar assinaturas em atos de arrependimento ajuda a entender a razão de o requerimento da CPI apresentar quase duas dezenas de razões. Boa parte delas, foi exigência de governistas, em lutas intestinas, para assinar o requerimento.
Na verdade, as denúncias motivadoras da comissão se concentram em três pontos: privatizações das teles, ligações de Eduardo Jorge com o juiz Lalau e dossiê Cayman. O restante é cortina de fumaça para desviar as investigações do seu norte. Qualquer tentativa de abortar a criação da CPI deve ser vista pela sociedade como uma razão redobrada para exigir sua instalação.

“Gato” tucano
Ao anunciar ter acrescentado 15.502 MW à capacidade energética instalada do país no seu primeiro governo (1996 a 2000), o presidente FH esqueceu-se de informar ao distinto público que esse número está anabolizado. Segundo Joaquim Francisco de Carvalho, do conselho consultivo do Ilumina, os números incluem as importações de eletricidade de Argentina e Uruguai. A engenharia tucana, acrescenta, contabiliza até a capacidade instalada de 1.000 MW, associada à linha de transmissão que interliga os sistemas Norte e Sudeste. Joaquim destaca que essa informação é um erro primário, porque linhas de transmissão não geram energia, podendo, no máximo, aumentar a oferta já existente. Além disso, São Pedro, incluído no rol de culpados por FH, não tem a menor responsabilidade pela incúria do governo. Como ressalta Joaquim, o único Pedro com culpa no cartório é o Malan, que, ao impedir o setor público de investir e promover a privatização das distribuidoras, preparou as condições para o blecaute que se avizinha.

“Gato” tucano II
Joaquim acrescenta que os números apresentados por FH incluem hidrelétrica, cujas construções foram iniciadas em governos passados. É o caso das Hidrelétrica de Xingó (Eletrobrás) e Serra da Mesa (Furnas). “É como receber uma casa já pronta, só faltando a pintura e se considerar o construtor da casa”, compara Joaquim.

Culatra
Eram fortes os rumores ontem, em Brasília, de que um acordão entre Planalto e ACM levaria à retirada das assinaturas dos carlistas do requerimento da CPI da Corrupção em troca da não cassação do cacique baiano. Caso se confirme, ACM estará rebaixado a vereador do interior e o presidente FH carreará toda a indignação hoje concentrada no movimento pela cassação do mandato do pefelista.

Causa própria
O Relatório Alfa denuncia que o site supostamente criado por simpatizantes de ACM para tentar evitar sua cassação (http://www.apoioacm.com.br)  foi montado de tal forma que cliques do visitante em alguns ícones da página são transformados em mensagem ao Conselho de Ética do Senado de apoio ao pefelista. Ainda segundo o Alfa, o site, construído em ASP, pertenceria à TV Bahia, de propriedade de ACM, como provaria o registro na Fapesp, o que pode ser checado em http://registro.br/cgi-bin/nicbr/whois?qr=APOIOACM.COM.BR&stkey=5495980

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOásis
Próximo artigoMalan sem fundamentos

Artigos Relacionados

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Lei determina que estatais respeitem interesse público

Acionistas da Petrobras sabem que ela tem obrigações e bônus por ser de economia mista.

Últimas Notícias

Quatro em 10 brasileiros pretendem pedir crédito nos próximos 90 dias

Intenção atingiu maior patamar desde junho de 2021; dívidas são o principal motivo.

Healthtechs e edtechs rivalizam com fintechs por investidores

Startups de saúde e de educação se aproximam das empresas de tecnologia financeira na disputa pelos aportes

Mercados dão continuidade a movimento negativo visto desde ontem

Bolsas e commodities cedem, enquanto as curvas de juros dão um alívio; moedas são a exceção e avançam contra o dólar.

Conab aponta para safra de café em 53,4 milhões de sacas

Nos quatro primeiros meses, país já exportou 14,1 milhões de sacas de 60 kg; volume é 10,8% menor que o exportado em igual período de 2021.

Em caso de novo ataque hacker, 80% das empresas pagariam resgate

Senhas: sequências numéricas simples ainda são motivo de ataques cibernéticos.