Auxílio Brasil, CPI da Covid e PEC dos Precatórios no radar de hoje

Principais Bolsas operando próximas à estabilidade e petróleo retomando queda podem pesar no Ibovespa nesta quarta-feira.  

Nesta quarta-feira o mercado local é dominado pelo receio de um Auxílio Brasil fora do teto de gastos, o que leva as atenções ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que participa de dois eventos no dia de hoje. Outro foco de atenções é a expectativa pela apresentação do relatório da CPI da Covid no Senado, além da votação da PEC dos Precatórios na comissão especial da Câmara, que ocorrerá nesta quarta-feira. O leilão extra de swap cambial também é acompanhado pelos investidores, com a cotação da moeda próxima a R$ 5,60. Ontem o Senado aprovou a criação do vale-gás, que bancará 50% do preço do gás de cozinha para famílias de baixa renda por cinco anos. A criação se deve também à preocupação com seu preço médio (R$ 100), o que aumenta a preocupação em relação à inflação, em cenário de aposta do mercado em aumento de 125 pontos-base na Selic pelo Copom, na reunião deste mês de outubro. O nosso índice Bovespa deve ser pressionado pela queda do petróleo, bem como a redução da força dos índices futuros de Nova Iorque. O contrato futuro de índice Bovespa com vencimento para dezembro de 2021 era negociado em queda de 0,23% às 9h03 desta manhã, ao passo que o dólar comercial operava em alta de 0,13% neste mesmo horário.

No cenário externo temos os mercados aguardando a divulgação do Livro Bege do Federal Reserve. Em Nova Iorque os índices futuros operam próximo à estabilidade, com balanços corporativos sendo aguardados pelos investidores, que hoje monitoram os balanços de Tesla, IBM e Verizon. Às 7h18, no mercado futuro, o Dow Jones estava estável, assim como o S&P 500, e o Nasdaq subia 0,04%. O juro da T-note de 10 anos estava em 1,637%, de 1,636% no fim da tarde de ontem. O DXY subia 0,15%, para máxima de 93,87 pontos. Na Europa as Bolsas operam também próximas à estabilidade, como leve alta em Frankfurt e Londres. Às 7h15, a Bolsa de Londres subia 0,03%, a de Paris recuava 0,10% e a de Frankfurt subia 0,10%. O euro caía a US$ 1,1621, de US$ 1,1640, e a libra recuava a US$ 1,3762, de US$ 1,3797 no fim da tarde de ontem. Na Ásia as Bolsas fecharam mistas nesta quarta-feira, com a não alteração dos juros principais pelo banco central chinês por mais um mês, mesmo com indicação de desaceleração econômica. O Xangai Composto recuou 0,17%, o japonês Nikkei subiu 0,14% em Tóquio, e o Hang Seng avançou 1,35% em Hong Kong. Já o sul-coreano Kospi cedeu 0,53% em Seul. Na Oceania, o S&P/ASX 200 avançou 0,53% em Sydney. Às 7h12, o dólar estava em 114,48 ienes, de 114,32 ienes no fim da tarde de ontem. Petróleo retoma queda, com os contratos futuros sendo negociados em baixa após ganhos na última sessão. Às 7h15, o barril do petróleo WTI para dezembro caía 1,20% na Nymex, a US$ 81,45, enquanto o do Brent para o mesmo mês recuava 1,05% na ICE, a US$ 84,19.

.

Yuri Pasini

Trader Mesa Câmbio do Travelex Bank

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Conversa com Investidor: Ser Educacional (SEER3)

Por Mariana Ferraz, Eleven Research.

Brasil caminha para estagflação

PIB caiu 0,1% no 3º trimestre. Governo culpa fatores climáticos.

Últimas Notícias

Contração seguida do PIB configura recessão técnica

A quinta-feira foi marcada pela repercussão dos dados divulgados sobre o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos...

Renova Energia fecha negócio da Brasil PCH

A Renova Energia, em recuperação judicial, concluiu nesta quinta-feira a venda de sua posição majoritária na Brasil PCH, sociedade que reúne 13 usinas de...

ANP aprova novas regras para firmas inspetoras de combustíveis

A Diretoria da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira (02) a resolução que revisa os requisitos necessários para...

Dia de alta para Petrobras e Braskem

A quinta-feira foi um dia de propensão a risco. “Tivemos uma alta bastante expressiva de alguns papéis na bolsa como Petrobras e Braskem. A...

B3 faz leilão do Fundo de Investimentos da Amazônia

Dia 16 de dezembro, a B3 realizará o leilão de valores mobiliários integrantes da carteira de ações do Fundo de Investimentos da Amazônia (Finam),...