Aval

A ausência de garantias para a manutenção dos ganhos reais do salário mínimo e da correção da tabela do Imposto de Renda no início da administração Dilma Rousseff expõe os riscos provocados por movimentos sociais e sindicais que se deixam cooptar por governos. Como já alertou o economista Adhemar Mineiro, do Dieese e do Conselho Editorial do MM, se garante que o mínimo mantenha seu poder aquisitivo, o acordo assinado pelas centrais sindicais com o Governo Lula limitando a correção anual do piso à soma da reposição da inflação com a variação do Produto Interno Bruto (PIB) do ano anterior, também impede os trabalhadores avancem sua participação na renda nacional, ao manterem esse percentual engessado. E tudo isso com o aval das centrais.

Seguro em Cuba
Foi anunciada nesta quinta-feira, em Havana, a criação do Comitê Ibero Latino-americano da Associação Internacional de Direito (Aida), de Cuba. Para Sérgio Barroso Mello, presidente do Comitê Ibero-latino americano da Aida, essa integração de juristas de Cuba é um momento é histórico e de grande honra à comunidade internacional de seguros. “Esperamos contribuir para os novos tempos de democracia, respeito aos direitos humanos e ao desenvolvimento dos negócios de seguros em Cuba”.

Negativo
Se agência de rating ainda tem alguma credibilidade, as seguradoras norte-americanas continuam mal das pernas. Estudo divulgado pela Standard & Poor”s mostra que a perspectivas das companhias de seguro ianques são negativas ou estáveis; poucas apresentam tendência de melhora no rating.

Único
Um bolo gigante e a apresentação do Cordão da Bola Preta na Central do Brasil fazem parte da comemoração de um ano depois da implantação do Bilhete Único intermunicipal no Rio de Janeiro, nesta sexta. Mais de 2 milhões de pessoas utilizam o serviço e 230 milhões de viagens já foram realizadas entre os 20 municípios da Região Metropolitana do Rio. Ao preço de R$ 4,40 – mantido com aumento de subsídio – quem deve comemorar, mesmo, é o sindicato das empresas de ônibus.

Descentralizar
Paracambi recebe, nesta segunda-feira, a 17ª delegacia regional da Junta Comercial do Rio (Jucerja), com o objetivo de atender a empreendedores e contadores e agilizar os processos de abertura e registro de empresas. A nova delegacia será a sexta na região da Baixada Fluminense.

Burocracia
Denuncia um empresário a esta coluna que a Abimaq leva 40 dias para dar uma declaração de não existência de similar nacional, exigência para importação de máquinas.

Mendes
Um dos patronos do jornalismo esportivo brasileiro, o comentarista Luiz Mendes será homenageado nesta sexta-feira, quando o Instituto Mais Memória, a jornalista Ana Maria Pires, a VamoQVamo Entretenimentos e a Editora 7Letras promoverão o segundo lançamento do livro Minha Gente – Luiz Mendes, o Mestre da Crônica Esportiva do Brasil.  A noite de autógrafos será no salão nobre do Bangu Atlético Clube, na Zona Oeste do Rio, e contará com a presença de ex-jogadores e outros nomes da crônica esportiva.
Organizado pelo Instituto Mais Memória, o evento faz parte das comemorações dos 70 anos de carreira do Comentarista da Palavra Fácil.

Porta-vozes
Tem muita gente no governo falando em nome da presidente Dilma Rousseff sobre assuntos econômicos. Quase todos defendendo posições antagônicas às promessas de campanha. Por isso, fez bem a presidente em desautorizar os que pregavam o contingenciamento de investimentos no PAC. No entanto, esse tipo de questão, assim como a correção da tabela do Imposto de Renda, sequer deveriam estar em debate. A não ser que, já no nascedouro, a nova administração deseje carregar a marca do estelionato eleitoral.

Artigo anterior“Efeito Varig”
Próximo artigoSaudosistas
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Os ventos estão mudando

Por Afonso Costa.

Afeto e arte no Rio de Janeiro

Obrigado a todos que contribuíram para uma análise sensorial da vida pandêmica