Avanços contrariam percepção negativa

A crise atual, embora traga desalento e tenha efeitos conjunturais negativos, não altera o fato de que novos patamares foram alcançados...

A crise atual, embora traga desalento e tenha efeitos conjunturais negativos, não altera o fato de que novos patamares foram alcançados pelas classes CDE, mudanças positivas pouco conhecidas de grande parcela da população. É o que mostra o livro O Brasil mudou mais do que você pensa: um novo olhar sobre as transformações das classes CDE, publicado pela Editora FGV e organizado por Lauro Gonzalez, Mauricio de Almeida Prado e Mariel Deak.

Pesquisadores do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira (GVcemif) da FGV e do Instituto Plano CDE, eles analisaram o período entre 1995 e 2015, tanto por meio de entrevistas in loco quanto de análises de dados quantitativos, e constataram transformações e mudança de comportamento na vida das famílias dessas classes. Esses avanços contrariam a percepção negativa da sociedade, acentuada em momentos de crise.

O livro não trata disso, mas dá uma ideia de como funciona o massacre midiático para tentar desmontar algumas políticas sociais bem-sucedidas. Apesar de longe de levar a um avanço de classe, algumas mudanças foram importantes para os atingidos – e, para os que desde o Brasil colônia gozavam de benesses, uma ameaça.

De acordo com os organizadores, “as histórias dos efeitos das mudanças descritas na vida da população CDE reforçam a certeza de que é hora de um olhar de longo prazo sobre as transformações pelas quais o Brasil passou e continua passando”. O livro será lançado dia 25, às 18h30, na Livraria da Vila, em São Paulo.

 

Autoritarismo

Durante a entrevista de 28 minutos ao Jornal Nacional, sexta passada, o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, foi interrompido 62 vezes. Mais de uma vez a cada 30 segundos. Alckmin foi o que teve mais liberdade para falar no JN: apenas 17 interrupções. Marina foi cortada 20 vezes, Ciro, 34, e Bolsonaro 36.

 

A volta dos que não foram

Com a candidatura de Geraldo Alckmin sendo deixada de lado pelo mercado financeiro, a mídia dá destaque a um movimento do Centrão em direção a Bolsonaro. O objetivo é claro: dar gás à candidatura do ex-capitão. Ou não: os partidos mal entraram na campanha do tucano, que apenas se beneficiou do tempo na TV, neutralizado em parte pela intensa cobertura da mídia à facada no ex-capitão. Além disso, com apoios de todo tipo de processado pela justiça, onde Bolsonaro colocará o discurso contra a corrupção?

 

Na bala

Nunca a polícia matou tanto no Rio de Janeiro como nestes sete meses de intervenção.

Alguém por acaso viu a segurança melhorar?

 

Avanço

Uma das causas do insucesso de público do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) carioca era a falta de integração tarifária com outros meios de transporte. Desde a segunda-feira passada, o bondinho passou a fazer parte do Bilhete Único Carioca, como esta coluna defendia.

Os passageiros poderão embarcar em um ônibus, uma barca ou um trem, e no VLT na sequência, pagando a tarifa máxima de R$ 8,55. É uma vantagem sobre o metrô que, inaugurado em 1979, não oferece integração.

Porém, continua o problema da sobreposição de linhas. O bondinho circula, em boa parte do trajeto, acima da linha do metrô.

 

Cartão vermelho

O Governo Temer acaba de liquidar um dos últimos resquícios de igualdade existentes no Brasil. O cartão de vacinação de cada criança, que as unidades de saúde pública entregavam tanto a famílias ricas quanto a pobres, agora é pago. Raras são as unidades que recebem o documento. Os que precisam devem acessar pela Internet e desembolsar R$ 50. Ambulantes vendem nas portas de clínicas da família, postos de saúde, UPAs e hospitais por R$ 25.

 

Rápidas

O candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) debate com a Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet) e com o Clube de Engenharia na próxima segunda-feira (24). O evento, com vagas limitadas, será público, na sede do Clube (Av. Rio Branco, 124, 25º andar, RJ) *** A Mediação no Direito Imobiliário será o tema de palestras que o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) fará nesta quinta-feira, das 10h às 13h, no Centro do Rio. Inscrições em www.iabnacional.org.br/eventos *** O Dia Mundial de Combate à Doença de Alzheimer é 21 de setembro. Na véspera, às 18h30, o neurologista André Lima realizará uma palestra sobre a doença na Clínica Neurovida. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones: (21) 3738-9800 ou 97513-2413 (WhatsApp) *** A reunião do Conselho Diretor da ACRJ do dia 21 terá palestra candidato ao Governo do Rio Wilson Witzel, a partir de 11h30.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Últimas Notícias

Startup lança soluções para indústrias e pequenas e médias empresas

ReFact aposta em tecnologia própria inovadora para agilizar e unificar informações dos clientes no e-commerce.

Produção de cerveja retoma ao patamar de 2014: 14,1 bi de litros

Número de brasileiros que apreciaram uma cerveja em casa saltou para 68,6% em 2020, ante os 64,6% de 2019, de acordo com a Kantar.

Bem Brasil Alimentos acelera exportações de batatas pré-fritas

Indústria mineira realizou embarques para Bolívia, Uruguai e Estados Unidos e projeta quadruplicar o volume de vendas em 2021.

Vale cancela ações em tesouraria sem reduzir o valor do capital social

O Conselho de Administração da mineradora Vale aprovou o cancelamento de 152.016.372 ações ordinárias de emissão da companhia adquiridas em programas de recompra anteriores...

Eve: Aeronaves elétricas de emissão zero de carbono

A Eve Urban Air Mobility, da Embraer, e a francesa Helipass, plataforma de reserva de voo em helicópteros para turismo e mobilidade aérea, anunciaram...