Bancos não ajudaram as empresas durante 2020

Um estudo internacional, desenvolvido pelo professor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV Ebape), Lars Norden, em parceria com Allen Berger (University of South Carolina), Gregory Udell (Indiana University), Christa Bouwman (Texas A&M University), Raluca Roman (Federal Reserve Bank of Philadelphia), e Teng Wang (Federal Reserve Board of Governors), identificou que os bancos não ajudaram as empresas durante a profunda crise econômica provocada pela Covid-19 ao longo de 2020.

“As descobertas sugerem que as empresas podem não ser capazes de contar com alívio de seus bancos de relacionamento durante raras circunstâncias problemáticas ou eventos de ‘cisne negro’”, destaca o relatório, publicado em dezembro do ano passado.

A pesquisa intitulada “Is a Friend in Need a Friend Indeed? How Relationship Borrowers Fare during the Covid-19 Crisis” analisou se os bancos estenderam a mão aos chamados clientes de relacionamento – empresas que atuam próximos de seus bancos por longo tempo – que necessitaram de empréstimos durante a crise da Covid-19 para manter seus negócios.

Os pesquisadores identificaram que a exceção a esse comportamento foi percebida em empresas que se relacionam com bancos menores, mas ainda assim de forma limitada. O resultado dessa prática pelos bancos, no longo prazo, é a de afugentar clientes lucrativos. Outra descoberta dos autores é que os bancos podem sofrer perdas por conta das taxas de juros mais altas que cobram de seus clientes.

Leia mais:

Empresas e trabalhadores se mobilizam para suprir falhas dos governos

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Artigos Relacionados

Petrobras fecha 2020 com lucro de R$ 7,1 bilhões

Lucro líquido no quarto trimestre de 2020 foi de R$ 59,9 bilhões.

Jardim Botânico de SP deve gerar R$ 35 bi em investimentos

O consórcio Reserva Paulista arrematou na terça-feira (23), em leilão conduzido pela B3, a concessão do Zoológico e do Jardim Botânico do estado de...

Estatais da China fazem planos de desenvolvimento até 2025

As empresas estatais administradas pelo governo central da China estão fazendo planos de crescimento para o período do 14º Plano Quinquenal (2021-2025), com foco...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.

PEC Emergencial pode sair da pauta do Senado desta quinta

Parlamentares resistem a cortes na saúde e educação e propõem votar apenas questão do auxílio emergencial.

Desdobramentos da intervenção na Petrobras

Percepção é de que o 'superministro' de Bolsonaro pode estar ficando cada vez mais isolado.

IPCA-15 de fevereiro ficou abaixo da expectativa

Índice mostra variação mais fraca que o esperado em alimentação, educação; já saúde e transportes vieram mais fortes que a expectativa.

Tentativa de superação

Ontem foi dia de recuperação da Bovespa, liderada pelas ações da Petrobras, Eletrobrás e setor bancário.