Bandeira tucana se apaga

Não bastassem Paulo Preto e o cunhado do governador Geraldo Alckmin, os tucanos paulistas encararam mais um problema nesta quarta, e em tem...

Não bastassem Paulo Preto e o cunhado do governador Geraldo Alckmin, os tucanos paulistas encararam mais um problema nesta quarta, e em tem que lhes é caro: privatização. A denúncia feita por uma rádio de que a diretora do Departamento de Iluminação Pública (Ilumine) estaria envolvida com propina na bilionária PPP de manutenção e troca por lâmpadas de led cai como uma bomba no colo do ex-prefeito João Doria Jr., que sonha ser governador do estado. A rápida demissão de Denise Abreu, não livra Doria do desgaste, ainda mais porque a agora ex-diretora nega a acusação e diz em sua defesa que o Departamento não tinha ingerência no destino da PPP.

O certo é que a bandeira da privatização, direta ou disfarçada de concessões ou PPPs, é agitada pelo tucanato como solução para os serviços públicos no país, corrupção inclusa. Se nas eleições passadas Alckmin já se esquivou de defender as privatizações feitas no governo de Fernando Henrique Cardoso, por saber da impopularidade do tema, agora tem mais um bom motivo para fugir do assunto.

 

Piada pronta – 1

Denise Abreu, mais conhecida pelo apagão aéreo, ser indicada para o Departamento de Iluminação Pública de São Paulo… não podia dar certo.

 

Piada pronta – 2

Botas e coturnos são apostas para este outono, garante a Democrata, fabricante de calçados. Parece campanha sob medida para o Rio de Janeiro sob intervenção.

 

Reduzindo desperdício

Em Tóquio, o uso de aço inoxidável permitiu reduzir os níveis de perda de água nas tubulações da cidade de 15,4% para 2%. Outras cidades orientais seguiram o caminho. De acordo com os estudos do International Stainless Steel Forum (ISSF), em 1987, Seul registrava perdas de 27,3%, despencando para 2,5% em 2014, quando 90,6% da tubulação já era de aço inoxidável. Taipei trocou 35% dos tubos, reduzindo os vazamentos de 27% para 16,7%.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estimava, em 2014, que as perdas alcançavam 35% em Oslo e Nápoles; 20% em Calgary, Canadá; e mais de 40%, na Cidade do México. No Brasil, a média dos desperdícios das cidades está próxima a 37%, conforme estudos do Instituto Trata Brasil com números de 2015. O indicador envolve, além de vazamentos, erros de medição e ligações clandestinas.

O aço inoxidável proporciona uma verdadeira revolução silenciosa na gestão pública de recursos hídricos”, diz Roberto Nardocci, diretor de Desenvolvimento de Negócios da Aperam South America.

 

Faminto

A demora da Receita Federal em consolidar as dívidas renegociadas através do último Refis (Pert) faz pensar que se trata de um estratagema para aumentar a arrecadação. Enquanto não ocorre a consolidação, o contribuinte deve continuar pagando sobre uma base maior. E aqueles que incluíram no novo programa dívidas renegociadas em programas antigos, devem pagar ambos, ou seja, duas vezes.

Quando for feito o encontro de contas, a dívida terá caído. Enquanto isso, a Receita vai batendo recordes. O problema será mais adiante, a partir do momento em que o acerto for feito.

 

Sentença

A Folha de S. Paulo nem espera a investigação “à la Lava Jato” empreendida pelo procurador Robert Mueller. O jornalão paulista já decretou, ao falar sobre a empresa Cambridge Analytica, envolvida em escândalo com o Facebook: “(…) a consultoria que ajudou a manipular as eleições americanas a favor de Donald Trump há dois anos.”

 

Rápidas

A Unidas (União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde) realiza, 16 e 17 de abril, o 9º Seminário Bem-estar, Qualidade e Acesso à Saúde. Entre os palestrantes, o ministro do STJ Luis Felipe Salomão, que falará sobre judicialização da saúde. Programação completa em www.unidas.org.br/9seminario/ *** Neste sábado, o Detran Presente estará no Parque de Exposições em Itaipava (RJ), com serviços da Diretoria de Veículos *** O cantor Gabriel Moura, do grupo Farofa Carioca, é a atração do projeto Música na Praça desta quinta, a partir das 19h, no Shopping Jardim Guadalupe *** Alunos de Ciências Contábeis do Centro Universitário Celso Lisboa, no Engenho Novo, na Zona Norte do Rio, auxiliarão os contribuintes no preenchimento da declaração de Imposto de Renda. O atendimento será no pátio (bloco A), na Rua 24 de Maio, 797, em diversos dias e horários de março e abril *** A Mosaico University anuncia o curso Blockchain no Direito, que acontece em 7 de abril, na avenida Faria Lima, em São Paulo, das 8h30 às 18h.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Lei determina que estatais respeitem interesse público

Acionistas da Petrobras sabem que ela tem obrigações e bônus por ser de economia mista.

Últimas Notícias

Check-up do acerto de contas com o Leão

Por Sandro Rodrigues

A nova revolução do setor contábil

Por Mauricio Frizzarin.

Ceciliano lidera mais uma frente em defesa do Rio

Governo Federal quer desviar térmicas para o Nordeste.

EUA: 3 em 4 mortes por Covid foram acima de 65 anos

Segundo relatório, óbitos pela doença no país equivalem a ataque de 11 de setembro todos os dias durante 336 dias.