Banho frio

Os critérios usados pelo Ministério das Minas e Energia para definir o que seja consumidor de baixa renda são, no mínimo, bastante restritivos. No Rio de Janeiro, por exemplo, um dos critérios diz que a soma da potência de cada aparelho elétrico não pode ultrapassar os 4 mil watts. Não consideram os tecnoburocratas que há chuveiro elétrico com potência de 4,5 mil watts e, sendo mais sofisticados, de até 6 mil watts. Da mesma forma, o consumo não pode superar os 140 quilowatts/hora por mês. Nos Estados Unidos, segundo a própria Aneel, a isenção chega a ser de seis a oito vezes mais, dependendo da unidade da federação.

Moda bancária
Uma das justificativas apresentadas por Paulo Afonso Cunha, secretário municipal de Trânsito do Rio de Janeiro, para tentar explicar o aumento da tarifa do serviço de táxi desde o início do Plano Real, em 179,21%, contra a média nacional de 146,33% e inflação acumulada de 82,71% (medida pelo IBGE) seria a diminuição do índice de passageiros por quilômetro, fator que entra no cálculo da tarifa. É a mesma lógica (ou seria a falta dela?) usada pelos banqueiros, que dizem ser a inadimplência um dos motivos para os juros elevados nos empréstimos, obrigando os que conseguem cumprir os seus compromissos a pagar pelos “caloteiros”. Seguindo este padrão, quem continua a usar táxi paga por quem se bandeou para o transporte alternativo.

Cadeira
O Diário Oficial do Rio de Janeiro, na página 2, encerra em definitivo a dúvida de quem sentará na cadeira do prefeito Luiz Paulo Conde em caso de impedimento ou vacância. Segundo o Código Eleitoral, se tornará inelegível o candidato que assumir o cargo de prefeito seis meses anteriores à eleição. A indefinição acabou com a promulgação da Emenda à Lei Orgânica nº 8/ 2000, que dá nova redação ao artigo 103 da Lei Orgânica do Município. O projeto original desta emenda é de autoria de 29 vereadores. No artigo foi incluída a figura do presidente do Tribunal de Contas do Município (TCM). Agora, os ocupantes sucessivos da cadeira são: presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro;  primeiro vice-presidente da Câmara; presidente do TCM. O cargo de vice-prefeito está vago desde a exoneração do Eider Dantas, pedida por ele próprio em 1999. Atualmente ele exerce o mandato de deputado estadual.

Patrie
Do ministro Francisco Dornelles durante cerimônia de apresentação da diretoria da nova empresa Fels Setal, joint-venture que atuará no setor de construção, manutenção e reparos de navios petroleiros e plataformas. “Tenho certeza que o presidente da Petrobras, Henri Philippe Reichstul, como um grande patriota, não faltará ao Estado do Rio no que diz respeito à recuperação da indústria naval”.

Marca
Se tudo correr bem, até domingo a Ponte Rio-Niterói completa um ano sem acidentes com vítimas fatais. Não é nada, não é nada, é mais um efeito positivo do novo Código de Trânsito.

Unilateral
As empresas de telefonia celular resolveram forçar – na marra – a utilização de linhas pré-pagas. Começou com a redução do prazo de validade dos cartões com crédito – de 90 para 30 dias, em alguns casos. No Rio, a ATL, seguindo exemplo da (em teoria) concorrente Telefônica, eliminou do mercado o cartão mais barato (de R$ 10). O usuário se vê, de uma hora para outra, obrigado a gastar R$ 25 por mês ou R$ 50 por trimestre. As empresas estão reagindo à queda de faturamento com os pré-pagos, que estão sendo usados principalmente para receber telefonemas ou fazer ligações a cobrar. Quem comprou celular pré-pago contando justamente com um reduzido gasto mensal quebrou a cara. E as operadoras – que cobram tarifas até três vezes mais caras nos planos pré-pagos – apresentam como vantagem justamente a ausência de assinatura mensal.

Reposição
O Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socio-Econômicos (Dieese) fez uma pesquisa sobre um universo de 115 acordos coletivos assinados no primeiro semestre deste ano. Levando-se em consideração o ICV calculado pelo Dieese, a maioria sequer chegou a repor as perdas salariais. Apenas 25 tiveram reajuste superior ao índice. Entre as categorias que vão enfrentar negociações no próximo período, apenas bancários e metalúrgicos do ABC conseguiram repor as perdas salariais no ano passado. Segundo o técnico do Dieese José Maurício, a perspectiva é de melhora da economia pois o desemprego, apesar de ainda ser grande, 18,6%, caiu um pouco em relação ao ano passado. “Isto pode ter impacto positivo nos acordos mas não é possível afirmar nada. Ainda mais por que houve aumento das tarifas, geadas no Sul etc.”, afirmou.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorChoque
Próximo artigoBarrados no baile

Artigos Relacionados

Lei determina que estatais respeitem interesse público

Acionistas da Petrobras sabem que ela tem obrigações e bônus por ser de economia mista.

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

É a inflação, estúpido

Preços não dão trégua a Bolsonaro em ano de eleição.

Últimas Notícias

Brasil deverá atingir 12,5% da produção mundial de algodão até 2030

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, em março, as cotações da commodity subiram em 5,41%.

TSE autoriza ‘vaquinha virtual’ para financiar candidaturas

Eleitores agora podem contribuir com os seus candidatos.

Botijão de gás poderia custar R$ 60

Segundo Fernando Siqueira, com média de R$ 114, aproximadamente, o botijão chega a custar até R$ 160.

IGP-10 varia 0,10% em maio

Queda verificada em abril e maio nos preços de grandes commodities agrícolas e minerais contribuiu para queda da inflação ao produtor.

Previdência privada é pouco usada; 92% dependem de recursos do INSS

Mais da metade dos brasileiros gostaria de parar de trabalhar com 60 anos, mas só 28% acham que vão conseguir.