Banquete&miséria

     
          Além de perversa social e economicamente, a insistência do Banco Central em fazer da alta da taxa básica de juros (Selic) seu samba de uma nota só contra a inflação é inútil. Ano passado, o Índice de Commodities Brasil (IC-Br) – uma cesta de commodities agrícolas, metálicas e energéticas criada pelo próprio BC – acumulou alta de 35,37%. Boa parte dessa alta é influenciada pelos cassinos globais, que continuam ativos, apesar da crise mundial. Para se ter noção de como especuladores transformaram comida em mercadoria,  as aplicações financeiras em índices de matérias-primas, segundo o economista Carlos Lessa, saltaram de US$ 10 bilhões, em 2001, para US$ 360 bilhões, em 2010. Apenas ano passado, esse tipo de aplicação cresceu US$ 60 bilhões.

Herança de Mubarak
Para os excessivamente ingênuos e/ou os muitos espertos que, em pleno século XXI, defendem uma revisita à Escola Clássica, para defender existir uma dicotomia incontornável entre economia e política, ignorando o papel de ditaduras na defesa de interesses econômicos das elites, um exemplo emblemático vem do Egito. Nos 30 anos de ditadura de Hosni Mubarak, o salário mínimo foi mantido congelado durante 26 anos. Sem correção para manter seu poder aquisitivo diante da inflação, chegou a valer o equivalente a US$ 6 (cerca de R$ 10,80). Depois de todo esse período e apenas com os fortes protestos dos egípcios ano passado, o mínimo, por decisão da Justiça local, foi elevado, em dezembro, para US$ 69 (cerca de R$ 124,20), contra US$ 222 (R$ 399,60), reclamados pelos sindicatos.

Petróleo
A WD Group vai inaugurar, no início de fevereiro, em Bonsucesso, um galpão com uma “sala limpa” para a realização de serviços de soldagem de ligas especiais. Com isso, a empresa, que desenvolve projetos de engenharia pesada e atua na área de petróleo e gás, espera se tornar o maior grupo do país a oferecer este tipo de serviço. O investimento total foi de R$ 5 milhões, e a WD estima um crescimento em torno de 30% para este ano.

Seco e limpo
Para reduzir o risco de dengue, maior no verão, devido às frequentes pancadas de chuva e ao calor, não adianta só secar os reservatórios de água parada, também é preciso limpá-los, adverte o biólogo Jair Rosa Duarte, consultor e conselheiro da Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas (ABCVP). Ele lembra que o ovo do mosquito pode se manter vivo por mais de um ano sem água.

Trabalho
Não são as categorias de menor renda ou instrução as mais otimistas com a situação do país. É o que mostra o Índice de Expectativa das Famílias (IEF), que o Ipea divulgará nesta terça-feira. Emprego e melhoria da situação profissional parecem ser os maiores sustentáculos do otimismo. O IEF mostra ainda como está o endividamento das famílias brasileiras pesquisadas, suas condições de quitação de dívidas e contas atrasadas.

Passeio local
Barra Turismo é o nome do projeto que o professor Bayard Boiteux quer implantar no bairro carioca. Morador recente, Bayard planejou dois passeios: o Eco-Barra, que vai incluir o Bosque da Barra, um passeio no Canal de Marapendi e a Praia da Barra; e o Gastro Barra, tour gastronômico pelas diversas cozinhas incluindo compras em delicatenses acompanhado por um “gastro personal”. Os passeios serão operados, a partir de fevereiro, pela agência acadêmica da universidade na qual Bayard é diretor do curso de Turismo.

Asterix
Com uma bancada de dois senadores, o PSOL pode lançar um anticandidato contra a eleição do senador José Sarney (PMDB-AP) à presidência do Senado. Caso isso ocorra, o representante será Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), o mais jovem integrante da nova legislatura da Casa e cuja candidatura terá como principal objetivo firmar posição em defesa da ética.

FGTS
Estão em estudos alterações no FGTS. Entre elas a opção para o trabalhador aplicar seu dinheiro em um fundo de investimentos, provavelmente a ser gerido pela Caixa. Outro aspecto em estudo é a redução do rendimento (TR + 3%), apesar de ter sido a aplicação com menor retorno ano passado. Existe um grupo de trabalho que vem estudando, há algum tempo, essas e outras mudanças, mas por enquanto ainda não há nada pronto para ser levado à presidente Dilma Rousseff.
     
     

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSaudosistas
Próximo artigoParaquedista

Artigos Relacionados

Brics+ será gigante em alimentos e energia

Bloco ampliado desafia EUA rumo a nova ordem mundial.

Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

Inflação engorda lucros de bilionários de energia e alimentos

Fortunas dos ricaços desses 2 setores aumentaram US$ 1 bilhão a cada 2 dias desde 2020.

Últimas Notícias

Setor de energia é um dos alvos preferidos de hackers

Mais de 60% de todos os ataques foram de phishing; organizações criminosas de hackers são ameaça às infraestruturas críticas do Brasil.

Países árabes planejam expansão de energia limpa

Omã, Marrocos, Argélia e Kuwait estão entre os que têm planos mais ambiciosos.

‘Governo não apenas poderia, como deveria intervir na Petrobras’

Para especialista, Governo Federal deveria estar mais atuante para combater os preços abusivos dos combustíveis em toda a cadeia.

Exterior cauteloso pode prejudicar negócios locais

Índices futuros acionários em Nova Iorque operam em queda significante: temores relacionados a uma possível recessão nos EUA.

Marrocos quer se desenvolver como polo de tecnologia

Setor digital emprega 120 mil pessoas no país; país tem investido em acordos e memorandos para aumentar investimento na área.