BC da China diz que manterá política monetária

Em comunicado divulgado após uma reunião trimestral do seu comitê de política monetária, o Banco Popular da China, o banco central, disse que prestará atenção ao momento ideal, extensão e impacto das políticas e manterá o apoio necessário para a recuperação econômica.

“A China implementará uma política monetária prudente que seja flexível, precisa, razoável e moderada e a manterá consistente, estável e sustentável”, afirmou o banco central.

A instituição informou que usará uma variedade de ferramentas monetárias para garantir liquidez em um nível razoável e amplo, manter o crescimento da oferta de moeda e do financiamento social basicamente em linha com o crescimento econômico nominal e manter um índice de macroalavancagem basicamente estável, de acordo com o comunicado.

O banco também prometeu mais apoio monetário para a economia real, enfatizando mais ajuda financeira para pequenas e micro empresas, bem como aquelas envolvidas em inovação tecnológica e desenvolvimento verde.

O banco central se comprometeu a promover a abertura financeira bidirecional de alto nível e melhorar sua gestão e capacidade de controle de riscos.

 

Artigos Relacionados

Bolsonaro sanciona autonomia do BC

Lei estabelece que presidente e diretores do Banco Central terão mandatos fixos de quatro anos, não coincidentes com o do presidente da República.

Petrobras fecha 2020 com lucro de R$ 7,1 bilhões

Lucro líquido no quarto trimestre de 2020 foi de R$ 59,9 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bens duráveis: encomendas avançaram mais que o esperado em janeiro

Segundo analista, as revisões de dezembro foram altistas.

Coronavírus já contaminou 16% da população da capital paulista

Levantamento mostra aumento de 2 pontos percentuais em relação a janeiro.

Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça

Pesquisa revela que novo auxílio emergencial de R$ 200 não compensará a renda dos informais diante da atual pandemia no país.

IGP-M acumula inflação de 28,94% em 12 meses

Segundo FGV, taxa ficou em 2,53%, em fevereiro, após registrar 2,58% em janeiro.

Confiança do comércio tem leve alta em fevereiro

Segundo a FGV, é a primeira alta depois de quatro quedas consecutivas.