Beijing fornecerá serviços centralizados para investimento estrangeiro

Beijing anunciou em uma coletiva de imprensa que a cidade está procurando melhorar o mecanismo de promoção e serviços para investimento estrangeiro, se empenhando para fornecer serviços centralizados para investidores estrangeiros, relatou o Economic Information Daily na terça-feira.

Foto tirada com um telefone celular mostra o distrito comercial ao longo do Grande Canal no distrito de Tongzhou de Beijing, capital da China, 20 de agosto de 2020. (Xinhua / Ju Huanzong)

Xinhua - Silk Road

 

BEIJING, 4 Jan (Xinhua) – Beijing anunciou em uma coletiva de imprensa que a cidade está procurando melhorar o mecanismo de promoção e serviços para investimento estrangeiro, se empenhando para fornecer serviços centralizados para investidores estrangeiros, relatou o Economic Information Daily na terça-feira.

Medidas específicas incluem a criação de um diretório especial de serviços estrangeiros no portal oficial do governo municipal de Bejing, fornecendo às empresas estrangeiras com serviços de entrada e guias para solicitações comuns, como registro de empresa, registro de câmbio, aprovação de projeto etc.

A cidade fortalecerá o compartilhamento de informações entre vários departamentos do governo para facilitar o acesso ao mercado e intensificará seus esforços para apresentar talentos estrangeiros altamente qualificados.

Em linha com os esforços crescentes da China na abertura de alto nível, o Birô Municipal de Comércio de Beijing continuará a aprimorar a internacionalização do investimento e da gestão comercial, bem como a aprofundar as reformas para facilitar o comércio internacional, de acordo com um representante do Birô.

O número de empresas com financiamento estrangeiro recém-estabelecidas em Beijing de janeiro a novembro de 2021 chegou a 1.713, representando um aumento anual de 53,2%. A cidade atraiu 37,5 bilhões de dólares americanos em investimento estrangeiro contratual no mesmo período, com o investimento estrangeiro total utilizado alcançando 15,16 bilhões de dólares americanos, um aumento anual de 9,7%. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

CMOC gastará US$ 1,826 bilhão no projeto de KFM em Congo

O CMOC Group Limited (603993.SH, 03993.HK) anunciou nesta quinta-feira que investirá cerca de 1,826 bilhão de dólares na fase I do desenvolvimento do projeto da mina de cobre-cobalto de Kisanfu (KFM), na República Democrática do Congo (RDC).

Banco central da China injeta liquidez via recompra reversa

O Banco Central da China injetou nesta sexta-feira 10 bilhões de yuans (cerca de 1,5 bilhões de dólares) de recompra reversa, visando manter a liquidez do sistema bancário.

O mercado de pequenos artigos chineses é inaugurado em Dubai

O mercado de Yiwu, um centro de compras para pequenas mercadorias chinesas, foi inaugurado nesta quinta-feira em Dubai, oferecendo uma alternativa de mercado para compradores estrangeiros adquirirem produtos fabricados na China, informou Chinanews.com.

Últimas Notícias

As rotas do Ártico: meta estratégica prioritária

Por Edoardo Pacelli.

Indústria naval apresenta propostas para eleições 2022

Setor quer deixar para trás maré ruim dos últimos 7 anos

Com ações no zero a zero, TC busca culpados da especulação

Em fato relevante, companhia afirma que tem sido alvo de uma campanha de desinformação

Criptomoedas: avaliações sobre o 1º semestre e perspectivas para o 2º

Alta dos juros e Ucrânia derrubaram cotações, dizem especialistas.

Energia solar: Minas é líder com mais de 16% da participação nacional

Estado atinge marca histórica de mais de 2 GW em operação da fonte solar, um aumento de 13%.