Beijing pretende ter mais 100 fábricas inteligentes e oficinas digitais

A cidade de Beijing planeja adicionar 100 fábricas inteligentes e oficinas digitais nos próximos três anos, de acordo com o governo da cidade.

22
Veículos circulam no Distrito Comercial Central (CBD), no distrito de Chaoyang, em Beijing, capital da China, em 6 de junho de 2022. (Xinhua/Ju Huanzong)
Xinhua - Silk Road

Beijing, 4 mar (Xinhua) — A cidade de Beijing planeja adicionar 100 fábricas inteligentes e oficinas digitais nos próximos três anos, de acordo com o governo da cidade.

A meta foi revelada em um plano de ação para a digitalização no setor manufatureiro da cidade entre 2024 e 2026, divulgado pelo Departamento Municipal de Economia e Tecnologia da Informação de Beijing.

Segundo o plano, a capital chinesa também incentivará todas as suas principais empresas de manufatura a passar por um nível de digitalização.

A manufatura inteligente se tornou um novo cartão de visitas de Beijing. No mês passado, a fabricante de smartphones Xiaomi colocou em operação uma nova fábrica em Beijing, equipada com tecnologia de fabricação inteligente de ponta, capaz de produzir cerca de 10 milhões de telefones anualmente.

Espaço Publicitáriocnseg

A cidade construiu 103 fábricas inteligentes e oficinas digitais desde 2021.

A China se tornou o maior mercado de aplicativos de manufatura inteligente do mundo, com mais de 10 mil oficinas digitais e fábricas inteligentes, de acordo com o Ministério da Indústria e Informatização. Fim

Leia também:

Relação comercial entre China e Nova Zelândia continua forte, diz ministro
Cinturão e Rota
Relação comercial entre China e Nova Zelândia continua forte, diz ministro

Wellington, 22 abril (Xinhua) — A China continua sendo uma forte oportunidade comercial para os exportadores de kiwi, já que as empresas e os consumidores chineses continuam valorizando os produtos de alta qualidade da Nova Zelândia, disse o ministro do Comércio e Agricultura da Nova Zelândia, Todd McClay. “A China é o nosso maior mercado […]

Yunnan, no sudoeste da China, vê boom turístico no 1º trimestre de 2024
Cinturão e Rota
Yunnan, no sudoeste da China, vê boom turístico no 1º trimestre de 2024

Kunming, 22 abril (Xinhua) — A Província de Yunnan, no sudoeste da China, recebeu 300 milhões de turistas nacionais e estrangeiros no primeiro trimestre de 2024, um aumento de 5,3% em relação ao ano anterior, de acordo com o departamento de cultura e turismo. A receita turística da província totalizou mais de 391,7 bilhões de […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui