Beneficiários de planos fizeram 1,62 bilhão de procedimentos em 2019

SEG NOTÍCIAS - Número representa aumento de 2,4% em relação ao ano anterior; Mapa Assistencial reúne a produção prestada pelas operadoras.

Seguros / 16:12 - 3 de jul de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os beneficiários de planos de saúde realizaram 1,62 bilhão de procedimentos como consultas, exames e internações no ano de 2019. O número representa um aumento de 2,4% em relação ao total de procedimentos realizados em 2018 (1,57 bilhão). Os dados fazem parte do Mapa Assistencial, publicação anual divulgada na última quarta-feira (1º/07) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
O destaque da publicação esse ano é o seu novo formato, em painel dinâmico, conferindo maior transparência e aumento do acesso às informações de produção assistencial do setor, de envio obrigatório à ANS pelas operadoras.
O Mapa Assistencial contém indicadores de produção assistencial médico-hospitalar e, a partir dessa edição, apresenta também indicadores de produção odontológica. Dentre os indicadores, há o número de procedimentos realizados por beneficiário segundo modalidade de operadora - autogestão, cooperativa médica, medicina de grupo, filantropia e seguradora - e por tipo de contratação do plano, possibilitando análise comparativa do setor, considerando sua heterogeneidade. Houve um aumento do número de exames complementares realizados por beneficiário em todos os tipos de contratação. No total do setor, foram realizados 19,7 procedimentos de exames por beneficiário em 2019, ante 18,5 em 2018. O mesmo ocorreu com as internações: no total, foram 192 procedimentos por mil beneficiários em 2019, frente 180 por mil beneficiário em 2018.
A realização de exames complementares somou o maior número de procedimentos no ano, totalizando 916,5 milhões (aumento de 6,4% em relação a 2018). Na sequência vêm consultas médicas, com 277,5 milhões (aumento de 1,16% em relação a 2018) e procedimentos odontológicos, com 182,8 milhões (aumento de 3,7%). As internações somaram 8,6 milhões de ocorrências no ano, representando um aumento de 6,52% em relação ao ano anterior.
.
Pessimismo pelo quarto mês consecutivo - Pesquisa realizada pela Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros, de Capitalização, de Previdência Privada, das Empresas Corretoras de Seguros e de Resseguros (Fenacor) para apurar o Índice de Confiança do Setor de Seguros (ICSS) indica que o pessimismo predominou em junho, pelo quarto mês consecutivo, entre corretores de seguros, seguradores e resseguradores.
"Houve diminuição de intensidade em junho, quando comparamos os indicadores aos valores do mês anterior. Mas, é importante observar com atenção os números de julho para confirmar se tal reversão irá continuar", afirma o consultor Francisco Galiza, responsável pelo estudo.
O ICSS é um indicador que resulta de três variáveis: Índice de Confiança e Expectativas das Seguradoras (ICES), Índice de Confiança e Expectativas das Resseguradoras (ICER) e Índice de Confiança das Grandes Corretoras (ICGC).
No seu cálculo, o indicador leva em conta três aspectos: economia brasileira, faturamento e rentabilidade de cada um dos setores citados.
A partir dessas informações, e após cálculos estatísticos, é definido esse índice, cujo valor varia de zero a 200. O número 100, que divide o índice ao meio, sinaliza que a expectativa atual é que a situação permaneça a mesma no futuro. Por outro lado, quanto maior esse valor, mais otimista está o segmento; e vice-versa.
Em todos os finais de mês são enviadas perguntas simples, de múltipla escolha, em que as empresas dizem sobre o que esperam que aconteça nos próximos seis meses, com relação a algumas variáveis relevantes do setor. Ao todo, aproximadamente 100 companhias são entrevistadas em cada oportunidade.
.
Homenagem Em comemoração aos 54 anos do Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro (CVG-RJ), completados em 28 de junho, a série de artigos que vem sendo publicados no site da entidade abre, nesta semana, espaço para prestar uma homenagem ao fundador e primeiro presidente do Clube: Minas Alphonse Mardirossian.
Falecido em maio deste ano, ele foi "um ícone do mercado de seguros de Pessoas e Benefícios no Brasil, cujos ensinamentos são fonte de inspiração até hoje", nas palavras do presidente Octávio Perissé. Nesta semana, portanto, a diretoria relembra reportagem feita em 2014 para a Revista do CVG-RJ, após uma longa e detalhada conversa dos jornalistas Dagoberto Souto Maior e Vania Absalão com Mardirossian, em almoço no Centro do Rio.
"Escolhi este rico relato do Minas para marcar os 54 anos do Clube e, principalmente, homenagear este grande homem e segurador. Espero que os profissionais do setor gostem desta surpresa", diz Perissé. A reportagem completa pode ser acessada em www.cvgrj.com.br.
.

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

Venda de seguros e planos de saúde - O Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG) lança mais um treinamento gratuito e virtual para os profissionais que atuam com vendas, desta vez na área de saúde suplementar. Trata-se do curso Seguros e Planos de Saúde: Como Vender Mais em Tempos Difíceis, que acontece de 20 a 23 de julho, em parceria com a Escola de Negócios e Seguros (ENS).
"O segmento saúde tem sofrido diversas mudanças nos últimos tempos. É preciso que o profissional da área esteja atualizado, preparado para as transformações do setor, no sentido de prestar um atendimento de qualidade ao cliente", aponta o presidente do Clube, João Paulo Moreira de Mello.
Entre os tópicos abordados no curso estão processos de venda, estruturação e operação do produto saúde; noções de marketing digital; relacionamento e abordagem ao cliente; dicas de vendas consultivas focadas em produtos de saúde e odonto; aspectos ligados à judicialização; planos de saúde individuais e empresariais e a concorrência no setor.
As aulas serão ministradas pelo professor Charles Lopes. Psicólogo de formação, possui Pós-graduação em Marketing e Gestão de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É professor da Escola de Negócios e Seguros (Seguro Saúde e Comercialização em Seguros). Ministra aulas no MBA da instituição (Saúde Suplementar). Leciona também as disciplinas Seguro Saúde, Ambiente Internacional de Seguros e Teoria Geral de Seguros na Universidade Estácio de Sá e atua como professor do IBMEC no MBA Executivo em Gestão de Negócios com Ênfase em Seguros - Seguros de Saúde.
As inscrições devem ser feitas até o dia 17 de julho. Basta acessar o link e preencher o formulário: https://forms.gle/dejFa4L5p1D74Z8c9.
As vagas são limitadas. Informações pelo e-mail eventos@cspmg.com.br ou pelo telefone (31) 9-9358-0636.
.
2º Congresso dos Profissionais PLD-FT - A superintendente de Acompanhamento Técnico da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg), Karini Madeira, participará, no dia 15 de julho, do 2º Congresso dos Profissionais de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo (PLD-FT), no painel "Susep, Coaf e a regulação de PLD-FT".
O evento, que conta com o apoio da CNseg e acontece de 13 a 17 e de 20 a 24 de julho, será transmitido ao vivo pela internet e abordará, entre outras questões, os novos marcos regulatórios e os importantes aprimoramentos dos controles internos de prevenção à lavagem de dinheiro e combate do financiamento ao terrorismo. O tema do evento é de particular interesse para o mercado segurador, já tendo sido, inclusive, abordado em um dos livretos do Programa de Educação em Seguros da Confederação Nacional das Seguradoras, e mais recentemente, no Boxe Regulatório da Conjuntura CNseg nº 21.
No painel com a superintendente da CNseg, também estarão presentes o assessor de Estudos e Relações Institucionais da Susep, Gustavo Dias; a integrante da Comissão de Certificação do IPLD e especialista em PLD-FT da Seguradora Tokio Marine, Estela Gouveia, e o diretor de Supervisão do Coaf, Rafael Vasconcelos.
No dia anterior, o ex-ministro Sergio Moro participará do painel "Combate à lavagem de dinheiro e Estado de Direito".
Os interessados podem obter mais informações pelo site www.congresso2.ipld.com.br.
.

SEGURO CIDADÃO

Julho Verde A campanha Julho Verde faz um alerta para a prevenção dos tumores de cabeça e pescoço. Essa é uma denominação genérica do câncer que se localiza em regiões como boca, língua, palato mole e duro, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe, esôfago, tireoide e seios paranasais. "A maioria desses tumores está relacionada diretamente com o uso do tabaco e álcool, que representam 80% dos casos e afetam principalmente os homens”, alerta o médico oncologista Ramon Andrade de Mello, professor da disciplina de Oncologia Clínica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Escola de Medicina da Universidade do Algarve (Portugal).
O consumo de tabaco e álcool aumenta em 10 vezes a chance de desenvolver o câncer de laringe. Entre os sintomas provocados por esse tipo de tumor, o paciente pode apresentar dor de garganta, rouquidão ou alteração da qualidade da voz. "A dificuldade de engolir, nódulos no pescoço, além da sensação de 'caroço' na garganta também merece uma investigação mais detida dos especialistas", explica o professor de oncologia da Unifesp.
A infecção pelo papilomavírus (HPV) tem sido outro motivo importante para o desenvolvimento do câncer de faringe. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são mais de 40 mil casos todos os anos. "A prática do sexo oral desprotegido tem sido um dos fatores de propagação do HPV, inclusive na população mais jovem. Por isso, a vacina para esse público pode ajudar na prevenção", alerta o oncologista.
.
Doação para Santa Casa - A Câmara de Comércio Árabe Brasileira fez nesta semana mais uma doação para ajudar no combate ao coronavírus. A entidade entregou duas mil máscaras na última quarta-feira para a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp). As máscaras são especiais para uso dos profissionais de saúde em hospitais e irão para algumas das Santas Casas do estado de São Paulo que integram a federação.
A doação teve a colaboração da empresa associada da Câmara Árabe, H2R Pesquisas Avançadas, em parceria com a empresa Novo Conceito. A doação foi recebida, na sede da federação, pela captadora de recursos da instituição, Cássia Carneiro, e o presidente Edson Rogatti.
A doação faz parte de uma série de outras iniciativas da Câmara Árabe para ajudar o Brasil a enfrentar a doença, em uma campanha que começou já no mês de março. Já foram doadas 30 mil máscaras, 1.250 litros de álcool em gel e 5.700 fronhas para o Hospital Santa Marcelina, 2.500 máscaras para uso de crianças em tratamento oncológico no Hospital Central da Santa Casa de Misericórdia, 500 máscaras ao Instituto de Tratamento do Câncer Infantil, entre outras colaborações.
Além de fazer doações com recursos próprios, a Câmara Árabe mantém uma campanha de arrecadações para que pessoas e empresas interessadas em participar das iniciativas colaborem. O foco principal é ajudar os hospitais públicos na prevenção e tratamento da Covid-19.
.

ENDOSSANDO

Sorteio de seguro de vida Seguro de vida é sinônimo de segurança para o associado e sua família. No Sicredi, além de toda a proteção, contratar esse serviço possibilita ganhar excelentes prêmios em dinheiro, como aconteceu com dois associados da Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP que foram contemplados nos sorteios mensais.
Em Umuarama (PR), Rosângela R. D. O. contratou o Seguro Vida Mulher e faturou R$ 50 mil. Já André D. K., de Assis Chateaubriand (PR), conta com o Seguro Vida Protegida e foi contemplado com mais de R$ 66 mil.
"Ao falarmos de seguro de vida, lembramos que é um ato de amor consigo e com aqueles que amamos, pois pensamos no amparo e na proteção de todos. Além das coberturas tradicionais, o produto Vida oferece muitos benefícios, como por exemplo, assistência nutricional e desconto em medicamentos. Além disso, aqui no Sicredi o segurado concorre a uma ótima premiação semanal", afirma a assessora de Seguros da Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP, Daiane Campos.
Os seguros de vida são oferecidos pelo Sicredi em parceria com a Icatu Seguros.
.
Moto Durante o mês de julho, os modelos 0km Ducati Multistrada 1260S, Multistrada 1200 Enduro, Diavel 1260S, XDiavel Dark, XDiavelS e Monster 797 tem Seguro Completo por conta da Ducati.
O cliente sai da concessionária com o seguro já acionado. O seguro oferecido ao ducatista é completo e tem cobertura de 12 meses.
O seguro engloba cobertura total para roubo, cobertura total para furto, cobertura total para acidentes, cobertura para terceiros, cobertura total contra incêndio e assistência 24 horas.
Segundo ele, as opções comerciais oferecidas na rede de concessionárias Ducati visam atender os diversos perfis de clientes. "Cada cliente pode optar pelo tipo de experiência de compra que preferir e que melhor se adequar ao seu perfil", acrescenta.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor