Bharat Biotech nega documento

Com assinatura de um suposto diretor-executivo e papel timbrado e carimbado, laboratório Bharat Biotech, fabricante da vacina Covaxin, negou a autenticidade de dois documentos enviados pela Precisa Medicamentos para o Ministério da Saúde. A farmacêutica indiana também anunciou a extinção imediata do acordo com a Precisa Medicamentos.

Recentemente, fomos informados de que certas cartas (conforme anexo), supostamente assinadas por executivos da empresa, estão sendo distribuídas online. Gostaríamos de ressaltar, enfaticamente, que esses documentos não foram emitidos pela empresa ou por seus executivos e, portanto, negamos veementemente os mesmos”, diz nota divulgada hoje pelo laboratório indiano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Carf: jurisprudência sobre crédito extemporâneo no PIS e Cofins

Apet analisa a jurisprudência ao vivo no dia 22/9, quarta-feira.

Oportunidades e desafios para empresas brasileiras

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), o Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife, o Escritório Americano de Patentes e Marcas (USPTO) e...

Abertas as inscrições para os exames de Cambridge

Provas serão aplicadas entre novembro e dezembro.

Últimas Notícias

Jovem baixa-renda é mais requisitado para voltar a trabalho presencial

Quanto menor a renda familiar, maior o percentual; brasileiros de 18 a 25 anos somam 42% das contratações temporárias no primeiro semestre.

Formbook afetou mais de 5% das organizações

Capaz de capturar credenciais e registrar digitação de teclado, malware figurou em segundo lugar no ranking mensal do país.

Sauditas liberam exportação de carne de unidades de Minas

De acordo com o Ministério da Agricultura, autoridades do país suspenderam o bloqueio de cinco plantas de carne bovina mineira.

Comerciários do Rio têm aumento

Já em São Paulo, emprego no comércio registra a maior alta mensal desde novembro de 2020.