Blinken, após reunião com Lula: ‘Parceria com Brasil é importante’

Secretário de Estado dos EUA também participará de encontro dos ministros do G20

22
Antony Blinken (Foto: Governo dos EUA)
Antony Blinken (Foto: Governo dos EUA)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, no Palácio do Planalto.

“Foi uma ótima reunião. Sou muito grato ao presidente Lula pelo seu tempo”, disse o chefe da diplomacia do país norte-americano ao deixar o encontro.

“Os EUA e o Brasil estão fazendo coisas muito importantes juntos. Estamos trabalhando juntos bilateralmente, regionalmente, mundialmente. É uma parceria muito importante e somos gratos pela sua amizade”, completou Blinken.

O encontro com Lula durou quase duas horas e na pauta estavam temas como o apoio dos EUA à Presidência do Brasil no G20 e a parceria entre os dois países pelos direitos dos trabalhadores e na cooperação na transição para energia limpa.

Espaço Publicitáriocnseg

Mais cedo, segundo comunicado do governo americano, o secretário irá enfatizar o apoio dos EUA à Presidência do Brasil no G20 e à parceria entre os dois países pelos direitos dos trabalhadores e na cooperação na transição para energia limpa.

“O secretário busca uma conversa e envolvimento robustos com o presidente Lula sobre uma série de questões globais. O Brasil é um parceiro fundamental em uma série de questões, entre elas as questões de paz e segurança globais”, disse o secretário de Estado adjunto para Assuntos do Hemisfério Ocidental, Brian Nichols.

Outro tema que tratado na conversa é a disputa entre Venezuela e Guiana em torno do território de Essequibo.

“O governo brasileiro expressou sua preocupação com a situação ali e desempenha um papel importante para ajudar a resolver as tensões entre as autoridades de Maduro e o governo da Guiana sobre o Essequibo, por exemplo”, informou o secretário adjunto.

O secretário de Estado veio ao Brasil para participar da reunião de ministros do G20, grupo que reúne as 19 maiores economias do mundo, mais a União Europeia e a União Africana. A reunião ocorre no Rio de Janeiro, hoje e amanhã. Do Brasil, Blinken segue para a Argentina, onde se encontrará com Javier Milei, para discutir questões bilaterais e globais, como crescimento econômico sustentável, a prosperidade econômica, os direitos humanos e o reforço do comércio entre os dois países.

Em 2024, Brasil e EUA completam 200 anos de relações diplomáticas.

Matéria atualizada às 12h58, para acrescentar fala de Blinken sobre a reunião

Com informações da Agência Brasil

Leia também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui