Bloco dos Sujos

A divulgação da ata do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, ameaçando o país com nova escalada dos juros, às vésperas do Carnaval, não se limitou ao economês característico da nomenclatura incrustada no BC. Serviu também para revelar a constituição de mais um bloco carnavalesco: o GRUCC, Grêmio Recreativo Unidos Contra o Crescimento.

Quarta de Cinzas
O GRUCC Poderia aproveitar o embalo da folia e, depois de se acabar nesses quatro dias, desaparecer na Quarta-Feira.

Rainha do Planalto
A folia também poderia ser engrossada pelo Bloco Eu Não Sei de Nada, cujo presidente, diretor de bateria, compositor e mestre-sala seria o presidente Lula.

Sazonal
As vendas de antiácidos, analgésicos, preservativos e medicamentos para mal-estar e enjôo devem ter registrado aumento de 40% nesta semana que antecedeu o Carnaval, principalmente nas cidades turísticas. A previsão é da Farmais, maior rede de franquias de drogarias com 550 lojas nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Segundo a Farmais, nesse período também ocorre forte aumento na procura por medicamentos para disfunção erétil, protetores solares e fraldas descartáveis, além de creme contra assaduras, lenços umedecidos e hastes flexíveis.

Batente na folia
Inexiste legislação em âmbito federal determinando feriado nos dias de Carnaval e Cinzas, informa a consultoria Veritae. Ela acrescenta, porém, que “se a empresa já adotou o critério da não-compensação desses dias, a alteração do critério pode ser entendida como uma alteração prejudicial ao empregado, estando sujeita a contestações judiciais e fiscais”. Já para as instituições financeiras, de acordo com a Resolução 2.932/2002 do BC, a segunda-feira e a terça-feira de Carnaval não são considerados dias úteis e na Quarta-feira de Cinzas deverá haver atendimento ao público por, no mínimo, duas horas.

Espuma
Quem pretende brincar o Carnaval deve saber que nem toda espuma em spray é ilegal ou prejudica a saúde. Produtos como Flokco Loco, da Aerojet Química Industrial, têm aprovação da Anvisa e do Inmetro, garante o fabricante, localizado em Duque de Caixas (RJ).

Água limpa
Cerca de cem funcionários da Nova Cedae, companhia de saneamento do Estado do Rio de Janeiro, vão fiscalizar a qualidade da água distribuída no Sambódromo e no Terreirão do Samba, além de garantir que o esgoto terá destino correto.

Assado
O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Mangaratiba (RJ) Carlos Busatto Júnior por irregularidades na execução de convênio entre o município e o Ministério da Integração Nacional para canalização do Córrego do Leitão. Juntamente  com o ex-secretário de Obras Pedro Luiz Barbosa e a Pedreira Sepetiba Ldta., Busatto Júnior terá de devolver R$ 107.445 aos cofres públicos, acrescidos de multas individuais de R$ 3 mil a ser paga por cada um dos acusados. De acordo com o TCU, as principais irregularidades constatadas referem-se a “pagamentos indevidos para escavação de jazida, transporte de material para local de difícil acesso e superfaturamento na compra de concreto”. O relatório identificou ainda a construção de duas pontes e de duas travessias de pedestres que não estavam previstas no edital.

Viola no saco
A desmobilização dos movimentos sociais pós-governo Lula chegou ao Carnaval. Bloco cuja marca registrada nos seus 25 anos de existência sempre foi a irreverência política, o Barbas desafinou no Carnaval deste ano. Apesar de o enredo – “No Barbas não tem apagão, só samba, chope e avião – insinuar algum tipo de crítica, os dois sambas vencedores do bloco, que desfila, sábado, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, se limitam a lantejoulas.

Artigo anteriorPulga e elefante
Próximo artigoGoogle no samba
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

Imóveis comerciais tiveram estabilidade em janeiro

Nos últimos 12 meses, entretanto, preços de venda e locação do segmento acumulam quedas de 1,32% e 1,18%, respectivamente.

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.