BMW vai expandir sua presença no mercado chinês

A montadora alemã de carros de luxo BMW anunciou nesta quinta-feira sua estratégia de progressão no mercado chinês, com três fábricas novas ou modernizadas para inaugurar em 2022.

Um homem trabalha na fábrica Tiexi da BMW Brilliance Automotive (BBA) em Shenyang, capital da província de Liaoning, no nordeste da China, em 17 de fevereiro de 2020. (Xinhua / Pan Yulong)

Xinhua - Silk Road

 

SHENYANG, 16 Dez (Xinhua) – A montadora alemã de carros de luxo BMW anunciou nesta quinta-feira sua estratégia de progressão no mercado chinês, com três fábricas novas ou modernizadas para inaugurar em 2022.

Em sua coletiva de imprensa de Ano Novo, o Grupo BMW da China disse que está determinado a continuar sua estreita cooperação com a indústria automobilística da China e atribui importância às demandas do mercado chinês no desenvolvimento de novos produtos.

“O que move a China hoje, moverá o mundo amanhã. É um lugar perfeito e um grande parceiro para o Grupo BMW conduzir a transformação”, disse Nicolas Peter, membro do conselho de administração da BMW AG, responsável por finanças e assuntos relacionados à China.

“No próximo ano, três fábricas novas ou modernizadas serão inauguradas em Shenyang e Zhangjiagang. Em breve, estaremos lançando o segundo veículo elétrico a bateria BMW (BEV) de Shenyang. É uma série-3 totalmente elétrica, reforçando ainda mais a posição da China como uma das três principais bases de produção de veículos de nova energia do Grupo BMW no mundo todo “, acrescentou Peter.

Ecoando a iniciativa verde da China, o grupo também está acelerando sua oferta de produtos BEVs na China. Em 2021, o volume de vendas do BMW iX3 totalmente elétrico deve chegar a 20.000 unidades em seu primeiro ano de vendas. Em 2022, a BMW apresentará cinco BEVs para clientes chineses e, até o final de 2023, o grupo vai oferecer cerca de 13 BEVs no mercado chinês.

Em 2025, um quarto das vendas do Grupo BMW da China será BEVs, acrescentou.

O grupo disse que estabeleceu na China seu maior centro de P&D e pegada digital fora da Alemanha, com uma equipe de mais de 1.650 funcionários, incluindo cerca de 600 desenvolvedores de software. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica reforma de classificação de risco no mercado

A China intensificou a reforma no setor de classificação de créditos, à medida que novas regras para melhorar os padrões e regulamentações do setor entraram em vigor em 6 de agosto, em meio ao esforço mais amplo do país para reduzir os riscos financeiros e liberar ainda mais o potencial de seu enorme mercado de títulos.

China aprimora serviços de transporte para atender viagens de verão

A China vem aprimorando os serviços de transporte ferroviário e aéreo na corrida de viagens de verão, a fim de garantir viagens seguras para os passageiros.

Exportações de NEV da China aumentam 37,6% no ano em julho

As exportações de veículos de nova energia (NEV, sigla em inglês) da China registraram um crescimento anual de 37,6%, chegando a 54.000 unidades em julho, segundo os dados da Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis (CAAM).

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis