33.2 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 16, 2021

BNDES financia DaimlerChrysler

A companhia DaimlerChrysler do Brasil Ltda receberá US$ 123,5 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), destinados à exportação de 500 ônibus para a República do Chile.
De acordo com a companhia, os veículos brasileiros serão destinados ao transporte de passageiros do corredor número 5 do Sistema Transantiago, na cidade de Santiago. A empresa importadora é a Buses Metropolitana, concessionária do Corredor 5, que opera até o momento com ônibus usados. A perspectiva é de que a frota seja substituída até outubro de 2008, pelos 500 ônibus novos exportados pela Daimler Chrysler.
Esta operação contribui para consolidar a posição do Brasil como importante fornecedor de ônibus da América Latina, além de ampliar presença do país no mercado internacional de serviços de manutenção.
O Sistema Transantiago foi uma iniciativa do governo chileno, com o objetivo de reformular o sistema de transporte urbano da cidade, visando especialmente a integração entre os meios de transporte coletivo. As operações começaram em outubro de 2005 e o funcionamento pleno do projeto está previsto para o próximo mês.
A DaimlerChrysler do Brasil possui uma unidade em Juiz de Fora (MG), São Bernardo do Campo (SP) e Campinas (SP). A companhia exportou um volume de US$ 1,3 bilhão em 2005, em ônibus, caminhões e motores para 70 países.

Artigo anteriorSocialismo bolivariano
Próximo artigoHecatombe dupla
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.