Boca maldita

A valer a tradição tarológica, o ex-secretário do presidente FH Eduardo Jorge e Cia podem botar as barbas de molho. Ao se insurgir contra a instalação de uma CPI para investigar as conexões do ex-secretário com o juiz Nicolau dos Santos, o presidente do PFL, Jorge Bornhausen, saiu-se com essa: “Isso é coisa requentada”. A última vez que Bornhausen produziu semelhante patranha – “Isso não vai dar em nada” sobre a CPI Collor/PC – o país assistiu ao primeiro impeachment presidencial de sua história.
Boas razões
Para quem transformou a CPI do Judiciário em um de suas bandeiras de maior visibilidade, o senador Antônio Carlos Magalhães exibe timidez inaceitável diante do caso Eduardo Jorge/Nicolau dos Santos.

Bilionário
O usineiro Jorge Lysandro, proprietário do complexo agroindustrial Cambahyba – cujos bens a sem-terra Marina dos Santos foi nomeada depositária fiel pela juíza Daniela Milanes, da Vara Federal de Campos (RJ) -, é devedor de grande monta. Seus débitos com a União chegam a R$ 1 bilhão entre impostos e créditos não pagos.

Factóide
O governador Anthony Garotinho anunciou ontem, durante entrevista a uma emissora de televisão, que qualquer funcionário público estadual que adotar uma criança de rua ganhará R$ 500,00 a mais em seu contracheque. O dinheiro será utilizado para a educação e alimentação do menor. Garotinho não especificou se a remuneração será mensal, anual ou se será paga apenas uma vez. Procurada, a Assessoria de Imprensa do Governo do Estado não soube esclarecer o pagamento. Se for mensal, o governador pode se preparar para uma fila de funcionários na porta do gabinete.

Blefe
Anunciadas e construídas pelo prefeito do Rio, Luiz Paulo Conde, como uma solução para o trânsito na Taquara, em Jacarepaguá, as obras foram entregues e têm sido apresentadas na propaganda institucional – e pré-eleitoral – como um grande feito. Muitos têm elogiado a beleza do trabalho realizado. Ocorre que o problema principal a ser sanado continua lá: a lenta circulação de veículos. Faltou engenharia de tráfego.

Visão
Cerca de 40% da população brasileira é sofre de deficiências visuais, segundo a Abiótica (Associação Brasileira de Produtos e Equipamentos Ópticos). Isso movimentou um mercado de R$ 650 milhões no ano passado. Segundo Synésio Batista da Costa, presidente da associação, o mercado deve manter sua trajetória de crescimento. O setor estará realizando a Óptica 2000 – 9ª Feira Internacional de Produtos e Equipamentos Ópticos, de 18 a 21 de julho, em São Paulo.

Preferido
Os serviços financeiros da América Online (AOL) e do Yahoo! são os sites mais visitados desses provedores. Segundo a revista Executivos Financeiros, fenômeno parecido se repete em outros provedores de acesso, onde os sites financeiros são tão ou mais procurados do que os eróticos. Pensando bem e analisando as conseqüências da globalização, essa competição não faz tanta diferença assim.

Ganância
O jornal francês Libération publicou ontem relatório apresentado pela organização Médicos sem Fronteiras no 13º Congresso Mundial sobre Aids, na África do Sul, em que o preço do medicamento AZT no Brasil é 14 vezes mais barato que nos Estados Unidos. A pesquisa sobre os preços dos remédios contra a Aids e o acesso ao tratamento em todo o mundo concluiu que existe um fosso entre os interesses dos grandes laboratórios e as necessidades dos países em desenvolvimento. “Toda a estratégia dos industriais é de proteger seus direitos de propriedade intelectual. E para isso, tratam de retardar ao máximo a chegada dos genéricos”, explicou o relatório. “Quando se acaba com uma situação de monopólio (com a chegada dos genéricos) o preço cai”.

Artigo anteriorBasta!
Próximo artigoDia de Cão
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Taxar dividendos aumentou investimentos na França

Redução, nos EUA e na Suécia, só elevou distribuição de lucros.

Petroleiro tem maior produtividade da indústria no Brasil

Mesmo com setor extrativista, participação industrial no PIB caiu de 25% para 20%.

Exportação cresce, mas só com produtos pouco elaborados

Superávit de quase US$ 7 bilhões até a quarta semana de julho.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.