Bolha pega via férrea

Não se restringe à Zona Sul do Rio e a áreas mais nobres de São Paulo a bolha vivida no setor imobiliário nacional. Uma corretora de imóveis contou à coluna ter sido procurada por um interessado em comprar um apartamento dois quartos em Madureira, no subúrbio do Rio, por até R$ 50 mil. No entanto, pelo mesmo preço, não havia um único imóvel à venda. O jeito foi fechar pelo mesmo valor um dois quartos na Pavuna, quase na divisa com a Baixada Fluminense.

Valorização
Uma coisa em particular chama a atenção dos espíritos mais curiosos na tese veiculada em forma de matérias “jornalísticas” de que o problema do Brasil não é a falta de empregos, mas de mão-de-obra qualificada. De todas as empresas que declaram ter sobra de vagas e falta de candidatos, nenhuma mencionou o salário oferecido. Essa informação, talvez, ajude a explicar o que certas companhias entendem por qualificação.

Esquizofrenia
O economista Paulo Passarinho, do Conselho Regional de Economia (Corecon-RJ), vê pouca sinceridade no alerta do secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, sobre os riscos trazidos pela valorização do real: “Aos EUA interessa que não enfrentemos o problema do câmbio e querem que façamos um arrocho fiscal ainda maior, a pretexto de corrigir o problema do câmbio. O Brasil precisa adotar o controle de capitais”, defende.
Para Passarinho, também é equivocada a crítica à política cambial da China: “Não é correto usar o Brasil para pressionar a China. De alguma maneira, nos últimos 18 meses os chineses têm permitido alguma valorização de sua moeda. As autoridades brasileiras devem perceber qual o interesse dos EUA: manter o país nessa política econômica esquizofrênica”, aponta.

Nuclear
“O futuro da energia nuclear no Brasil” é o que vai mostrar o engenheiro Joaquim Francisco de Carvalho em palestra no Clube de engenharia, no Centro do Rio, no próximo dia 16, às 18h. O especialista foi convidado pelo engenheiro Roberto Saturnino Braga, do Dctec.

Leão vem aí
Como preencher corretamente as declarações de serviços médicos (Dmed) e a do Imposto de Renda Retido na Fonte é o objetivo de palestra gratuita no próximo dia 17, com o auditor fiscal da Receita Federal Leônidas Quaresma. Informações no Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio de Janeiro (www.sescon-rj.org.br).

Recuperar
Os três centros de pesquisa da Embrapa no Rio de Janeiro estudam como ajudar na recuperação das áreas rurais da Região Serrana do estado, destruídas por fortes chuvas mês passado. No final de janeiro foi apresentado diagnóstico das perdas. “A Embrapa vai começar um plano de recuperação do setor produtivo da região”, diz a chefe geral da Embrapa Solos, Lourdes Mendonça. Num períodos de dois anos, a equipe do órgão sugere a execução de um plano de manejo integrado das microbacias localizadas nas áreas rurais mais afetadas pelas chuvas, instalação de unidades de pesquisa com monitoramento de indicadores de qualidade de solo, água e socioeconômicos e o estabelecimento de políticas de financiamento rural embasadas na adoção de boas práticas agrícolas.

Comida num clique
Uma praça de alimentação virtual é o que propõe o site www.ComerNaWeb.com.br, lançado em novembro passado, que reúne mais de 50 opções de restaurantes em um só lugar. A meta é que a internet aumente em 20% as vendas gastronômicas. Apenas 2% das refeições prontas são vendidas por meio da web. De acordo com o diretor do portal Márcio Blak, até o fim de ano a perspectiva é oferecer mais de 200 opções de restaurantes.

Tramitação
O Projeto de Lei 354/09, que concede anistia fiscal a quem trouxer de volta ao Brasil dinheiro mantido no exterior e não declarado à Receita, pode ser votado ainda este mês na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. O PL é de autoria do senador Delcídio Amaral (PT-MS) e elimina as punições e reduz as alíquotas de Imposto de Renda sobre os valores repatriados.

Artigo anteriorDilma define seu lado
Próximo artigoMudança para valer
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ENS abre inscrições de Curso para Habilitação de Corretores de Seguros

Inscrições começaram nesta segunda-feira.

Fitch:1ª emissão de debêntures da Rodovias do Brasil tem rating AA-

A Fitch Ratings atribuiu Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA-(bra)’ à primeira emissão, em série única, de debêntures da Rodovias do Brasil Holding S.A....

Prazo de inscrições do Programa Petrobras Conexões para Inovação

A Petrobras prorrogou para 15 de agosto, o prazo de inscrições do 3º edital do Programa Petrobras Conexões para Inovação - Módulo Startups -...

UE fará empréstimos nos mercados de capitais de até 750 bi de euros

O Conselho da União Europeia (UE), aprovou nesta segunda-feira, o segundo pacote de planos de recuperação e resiliência (PRR), para aceder às verbas pós-crise...

Brasil tem 42% do total de empresas de inteligência artificial da AL

Estudo da consultoria Everis em parceria com a Endeavor mostra que o número de startups de inteligência artificial cresceu no Brasil, mas ainda esbarra...