Bolsominions, os rebeldes conservadores

Os grupos no Twitter identificados com o candidato Jair Bolsonaro, quando entram no debate econômico, tratam principalmente de...

Os grupos no Twitter identificados com o candidato Jair Bolsonaro, quando entram no debate econômico, tratam principalmente de corrupção, servidores públicos, carga tributária e burocracia. Para eles, são estes os motivos condutores da crise, da pobreza, dos serviços de má qualidade e, principalmente, do desemprego. De acordo com o levantamento feito pela FGV DAPP, a redução de interferência do governo na economia e o investimento em segurança pública são centrais para a resolução de diferentes problemas. Temas regulares de economia como inflação, câmbio e juros passam longe das esferas de maior impacto no debate.

Assim, os bolsominions, críticos da mídia tradicional, travam o debate econômico pautados pelos jornalões. Especialmente a questão da corrupção, tema recorrente dos conservadores.

Já nos grupos pró-Lula, as discussões giram em torno da atuação do Estado na economia, investimentos sociais, desigualdade e direitos trabalhistas e previdenciários. O grupo deposita menos atenção a questões específicas da conjuntura atual, como o desemprego, a crise e a carga tributária, enfatizando um projeto político mais abrangente e que contempla maior investimento estatal, manutenção de empresas estratégicas sob controle brasileiro, programas de combate à pobreza e garantias sociais.

Os dois grupos, somados, responderam por 57,5% de todas as contas que falaram sobre economia no Twitter entre 15 de junho e 15 de julho.

 

Bond

A mesma imprensa que abusa de aspas e condicionais para a tentativa de ataque com drones ao presidente Nicolás Maduro, que a Venezuela informa ter ocorrido no último sábado, compra, sem olhar o preço, a história de que os russos estão fazendo atentados no Reino Unido utilizando Novichok.

A arma química tem índice de letalidade de quase 100%, e quem sobrevive fica com sequelas graves. Pois o pai e a filha que teriam sido atingidos deixaram o hospital semanas depois sem qualquer problema, e um agente britânico, outra suposta vítima, vai pelo mesmo caminho.

Mais estranho é como o famoso serviço secreto britânico identificou os dois primeiros atentados e não impediu que houvesse uma terceira vítima. Que falta faz o 007.

 

Primeira necessidade

A Drone Control acaba de ativar comercialmente o primeiro sistema civil no Brasil de proteção contra drones hostis. A tecnologia está sendo operada na unidade de Campinas (SP) de uma empresa de segurança. Inédito na América Latina, o sistema é capaz de detectar, identificar e rastrear drones e pilotos não autorizados em um raio de até 7 quilômetros.

Apesar dos riscos de pagamento, a empresa deveria oferecer seus serviços na Venezuela.

 

Retomada

Depois de perder mais de 50 mil vagas de trabalho nos últimos quatro anos, a indústria naval parece entrar em fase de reversão dos motores: 73% dos gestores não pretendem dispensar empregados neste ano, e 49% planejam realizar contratações.

A pesquisa Perspectivas e Negócios da Indústria Naval Brasileira, iniciativa da UBM Brazil, foi feita nas capitais de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e no Distrito Federal.

 

Rápidas

A presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez, fará a abertura nesta terça-feira do seminário “Controvérsias acerca da constitucionalidade do voto de qualidade no âmbito do Carf”, das 17h às 19h, no plenário do IAB, no Centro do Rio. Inscrições: www.iabnacional.org.br/eventos *** A Fiesp realizará nesta terça evento para sensibilizar lideranças da indústria sobre a importância da implantação de programa de integridade, conformidade e ética. Mais informações: www.fiesp.com.br/agenda/247403/ *** O Shopping Jardim Guadalupe recebe, a partir desta quarta, uma série de palestras do Sebrae/RJ, sempre às quartas-feiras, das 19h às 21h *** Nesta terça, a partir das 8h30, a Comissão de Direito Marítimo, Portuário e do Mar (CDMPM) da OAB/RJ realizará a V Conferência de Direito Marítimo, Portuário e do Mar. Será na sede que fica na Av. Marechal Câmara, 150, 4º andar *** Na quinta, show com Inês Correia, cover de Cássia Eller, no West Shopping, às 19h *** Michelle Fernandes, CEO da M2Trade, será uma das palestrantes em debate sobre a mulher no comércio internacional, dia 16, às 14h, durante a 37ª edição do Encontro Nacional de Comércio Exterior – ENAEX 2018, no Rio de Janeiro. Informações: www.enaex.com.br

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Balanços guiarão, aparentemente, os mercados hoje

Europa e Nova Iorque precavidas, Ásia continua em queda livre.

Confiança da construção atinge maior nível desde março de 2014

Índice teve alta de 3,3 pontos e chegou a 95,7; já inflação do setor cai para 1,24% em julho.

IPCA-15 apresentou alta de 0,72% em julho

Maiores contribuições vieram da categoria habitação (2,14%), que contribuiu com 0,32%, e de transporte (1,07%), que adicionou 0,22%.

Itaú Unibanco deixa administração da XP

Decisão foi tomada no último dia 23, após análise concorrencial e prudencial; cisão foi aprovada pelo Banco Central.

Abertura de mercado

Após fim de semana tenso, segunda é sempre de trégua, pela ausência de parlamentares em Brasília, quanto mais em período de recesso.