Bolsonaro coloca general Silva e Luna na presidência da Petrobras

O general da reserva Joaquim Silva e Luna será o novo presidente da Petrobras, em substituição a Roberto Castello Branco. O anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro em rede social após dias de embate com a direção da estatal em torno do reajuste dos preços dos combustíveis.

Na quinta-feira, Bolsonaro afirmou que iria eliminar os impostos e contribuições federais sobre diesel, gasolina e gás de cozinha e criticou reajustes de 10% a 15% que havia sido anunciado pela Petrobras.

Nas negociações desta sexta-feira na Bolsa de Valores, as ações da estatal tiveram queda de 6,63% (preferenciais) e 7,92% (ordinárias), devido às declarações do presidente no dia anterior. A Petrobras perdeu R$ 28,2 bilhões em valor de mercado.

A política de reajustes de preços adotada pela estatal após a deposição da presidente Dilma Rousseff sofre muitas críticas, por acompanhar os valores cobrados no mercado internacional, inclusive frete, como se o petróleo fosse importado. Com a alta do dólar, o quadro piorou.

O resultado é que a gasolina acumula este ano aumento de 34%, e o diesel, de 27%. A elevação motivou protestos de caminhoneiros, que chegaram a convocar uma paralisação geral no início do mês.

Silva e Luna foi o primeiro militar a ocupar o posto de ministro da Defesa, ainda no Governo Temer. Em 2019, assumiu a presidência da usina binacional de Itaipu.

Os aumentos de preços não parecem ter sido os únicos responsáveis pela troca na Petrobras. Parlamentares do Centrão pressionam por cargos na estatal.

Leia mais:

Reajuste do diesel agrava crise no transporte público

Mercado interno segue cauteloso após fala de Bolsonaro

Artigos Relacionados

Produção do pré-sal em janeiro cresce 8,2% em relação a dezembro

A Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANP) divulgou nesta terça-feira o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural do mês de...

CEO do Mercado Livre explica transformação digital no varejo

A FGV Educação Executiva retoma ciclo de webinars gratuitos sobre tendências para o mercado 2021. No total, serão quatro encontros online, com nomes importantes...

China é crucial na recuperação global pós-Covid

“A China hoje é a mais vibrante economia grande do mundo em um momento em que a economia global vem passando por uma contração”...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Planta da BRF é habilitada a exportar empanados para Omã

Companhia informou que sua unidade de Toledo foi habilitada pelo governo do país árabe a exportar empanados de frango.

Migrantes detidos no México sofrem com pobreza e violência

Cerca de 70 mil pessoas ainda estão em situação de vulnerabilidade extrema, segundo Médicos Sem Fronteiras.

ANS determina que planos cubram novos remédios, exames e cirurgias

Novos exames e tratamentos passaram a fazer parte da lista obrigatória de assistência, que deverá ser observada a partir de abril.

IPC-S sobe em seis capitais brasileiras em fevereiro

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu em seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), na...

Trava política impede recuperação mais forte

Nesta segunda, mercados aqui foram na mesma direção do exterior em recuperação, mas sem mostrar maior tração.