35.9 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 18, 2021

Bolsonaro liberou 18x mais que mensalão e reeleição

As denúncias de compra de votos para aprovar a emenda de reeleição em 1997, que beneficiou o então presidente Fernando Henrique Cardoso, embora veladamente admitidas, nunca foram investigadas. O ex-senador Pedro Simon falava em mais de 150 parlamentares comprados. Dois deputados foram pegos no flagra admitindo terem recebido R$ 200 mil cada.

Se formos calcular por aí, seriam no mínimo R$ 30 milhões (R$ 200 mil vezes 150) até uma quantia de R$ 82 milhões (R$ 200 mil vezes 410 deputados, já que 80% votaram a favor). Em valores de hoje, R$ 525 milhões. A conta não inclui deputados nem liberação de emendas.

No Mensalão, em 2005, laudo da Polícia Federal fala em R$ 101 milhões. Trazidos para final de 2020, seriam R$ 280 milhões.

Só para aprovar a reforma da Previdência, segundo a Folha de S. Paulo, o então ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) teria prometido liberação de emendas de R$ 40 milhões, até 2022, a cada deputado que votasse a favor. Foram 370 votos favoráveis no 2º turno.

Este ano, circulou um áudio da deputada bolsonarista Carla Zambelli (PSL-SP) que evidencia as operações. “Infelizmente, o deputado no primeiro mandato não tem verba. É meu primeiro ano de mandato. Só consegui essa verba e indiquei mais R$ 5 milhões para a saúde do estado porque houve uma verba suplementar por conta da reforma da Previdência”.

Os R$ 40 milhões prometidos até 2022 aos 370 deputados somam R$ 14,8 bilhões; novamente, senadores à parte.

Agora, arma-se nova farra de emendas para garantir a eleição de Arthur Lira à Presidência da Câmara, lance que, junto à eleição no Senado, garantiria aos filhos de Bolsonaro tranquilidade ante ameaças de processos e ao governo alguma chance de aprovar medidas provisórias (menos da metade foram aprovadas no mandato atual), além de engavetar pedidos de impeachment. Quanto custará aos cofres públicos?

 

180º

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) solicitou à Fiocruz 7 mil doses de vacinas contra a Covid-19 para aplicar a ministros e servidores.

Na quarta-feira (23), o presidente do STF, ministro Luiz Fux, disse que era a favor do pedido.

Nesta segunda (28), Fux exonerou o secretário encarregado, com a justificativa de que a solicitação foi feita sem o conhecimento dele (Fux).

Justiça pautada pelas redes sociais?

 

Últimos dias

Interessados em realizar a prova da 2ª edição do Exame de Suficiência de 2020 do Conselho Regional de Contabilidade (CRC) têm até 14h de 30 de dezembro para se inscrever. A prova, que será presencial, em 31 de janeiro, é um dos requisitos para a obtenção de registro profissional.

Os candidatos que já haviam feito inscrições da prova online em 8 de novembro estão automaticamente inscritos, mas devem acessar a página da Consulplan até 5 de janeiro e indicar a cidade na qual desejam realizá-lo. O exame foi cancelado devido a ataques cibernéticos.

 

Rápidas

A Rede D’Or São Luiz conquistou o selo Ouro na Categoria Energia Renovável na premiação 2020 Climate Champions of the Health Care Climate Challenge, promovida pela GGHH *** Align Technology lança nova versão do software para o planejamento de sistema Invisalign.

Leia mais:

Desemprego sob Bolsonaro: recorde atrás de outro

Baleia Rossi será o candidato de oposição a Bolsonaro

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

A Década do Oceano

Seremos capazes de salvar o mar que nos cerca?.

Carnaval fora de época no Rio: evento sem serventia!

Mês é considerado alta estação, e assim tal evento vai contribuir muito pouco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Atividade econômica está 1,9% abaixo do nível de fevereiro

Mas produção industrial e as vendas no varejo ampliado estão 2,6% e 5,2% acima dos níveis do mês.

SEG NOTÍCIAS – Caixa assume gestão dos recursos e pagamentos do Dpvat

Não há nenhuma mudança nas regras de indenização; presidente da Caixa, Pedro Guimarães, deu detalhes.

Início da vacinação no Brasil deixará mercados atentos

Discurso de Christine Lagarde, do BCE evidencia a preocupação dos formuladores de política econômica da região.

Positivismo com o início da vacinação no Brasil

Conflito de Dória com Bolsonaro aumentou ontem após o início da vacinação ter sido em São Paulo.

IBC-Br de novembro mostrou avanço de 0,59%

Com a leitura de hoje, o índice dessazonalizado permanece ainda -1,86% abaixo do nível registrado em fevereiro de 2020.