Bolsonaro propõe CPI contra ele próprio

Presidente não comenta que seu governo manteve política de preços de Temer e que indicou 6 dos 11 conselheiros da Petrobras.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira que pretende propor ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar a diretoria e o conselho da Petrobras. A afirmação foi feita após a estatal anunciar novo reajuste nos preços da gasolina e do diesel, em vigor a partir deste sábado.

A tentativa de se eximir da responsabilidade sobre os preços praticados pela estatal pode levar Bolsonaro a investigar seu próprio governo. Como destacou em nota o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, “é inexistente a dicotomia Petrobras e governo, pois a União é a acionista majoritária da estatal, e sua diretoria, indicada pelo governo”.

O vice-presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet), Felipe Coutinho, lembrou que os aumentos foram definidos e aprovados pela direção e Conselho de Administração da estatal, que são nomeados e controlados pelo Governo Federal, e são consequências da política de Preços Paritários de Importação (PPI), inaugurada em outubro de 2016, no governo Temer, e mantidas por Bolsonaro. A União indicou 6 dos 11 conselheiros e o presidente da Petrobras.

Para Bolsonaro, a cúpula da Petrobras traiu o povo brasileiro, e o lucro da estatal é uma “coisa que ninguém consegue entender”. “Ela lucra seis vezes mais do que a média das petrolíferas do mundo. As petroleiras fora do Brasil reduziram sua margem de lucro, continuam tendo lucro, para exatamente atender os anseios da sua população no momento de crise, porque isso tudo é fruto de uma guerra longe do Brasil”, disse, sem admitir que é o principal responsável pela estatal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Projeto de lei visa incentivar o bom pagador

Para conseguir os benefícios, o consumidor já deverá ter honrado mais de 75% da dívida total

Mercado reduz projeção da inflação de 7,15% para 7,11%

Para 2023, a estimativa de inflação ficou em 5,36%

Endividamento explode após fim de saques do FGTS e adiantamento do 13º

Quase 8 em cada 10 brasileiros têm dívidas; 29% em atraso.

Últimas Notícias

Armazém Cultural: Câmara debate veto do prefeito do Rio

.Comissão de Justiça e Redação recomenda rejeição ao veto

Plataformas da Bacia de Campos tem hotéis flutuantes

Petrobras estuda investir US$ 220 milhões até 2023

Ações do setor de saúde puxam Ibovespa

Destaque também para Petrobras, que celebrou novo aditivo ao contrato de compra de gás natural com a YPFB

Governo de MG conclui leilão de 627,4 km de rodovias

Investimentos de R$ 3,2 bi, sendo R$ 1,4 bi nos oito primeiros anos da concessão

Bancos chineses: mais empréstimos para empresas privadas

No final de junho aumento de 11,4% em relação ao ano anterior