Bolsonaro reforça cúpula militar com mais um oficial da ativa

Almirante Flávio Augusto Viana Rocha assumirá a Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos.

Política / 22:42 - 14 de fev de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Um dia depois de nomear o general Walter Braga Netto para a Casa Civil, o presidente Jair Bolsonaro trouxe, nesta sexta-feira, mais um militar da ativa para atuar no Palácio do Planalto, ampliando assim o núcleo militar do governo em postos estratégicos.

O escolhido é o almirante Flávio Augusto Viana Rocha, comandante do 1º Distrito Naval, no Rio de Janeiro, que assumirá o posto de secretário especial de Assuntos Estratégicos, no lugar do servidor público Bruno Grossi de Souza.

Outra mudança importante decidida por Bolsonaro é que a secretaria a ser ocupada pelo almirante Viana Rocha deixa de ser apenas um departamento interno da Secretaria-Geral da Presidência e passa a ser uma pasta diretamente ligada ao presidente. A nomeação de Flávio Rocha e o decreto que eleva a posição da secretaria estão publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira.

O almirante Rocha é o terceiro secretário de Assuntos Estratégicos desde o início do Governo Bolsonaro, em janeiro de 2019. Antes dele e de Grossi, a secretaria foi comandada pelo general Maynard Marques de Santa Rosa, que pediu demissão em novembro do ano passado.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor