Bomba atômica

Pouco ativo na defesa do governo do presidente FH durante a campanha eleitoral, o prefeito de São Paulo, José Serra, encontrou uma forma atravessada de defender as privatizações das telecomunicações, apontadas como um dos fios desencampados, cuja conexão levaria o tucanato ao centro das CPIs que apuraram os escândalos de corrupção no país: “O que teria ocorrido se as empresas de telecomunicações fossem parar nas mãos do PT?”, pergunta Serra, deixando sem resposta a análoga: “O que ocorreu para as teles deixarem as mãos do Estado brasileiro?”.

Quatro linhas
Os 19 principais clubes de futebol do Brasil geraram receita de 0,047% do PIB, ou R$ 825,75 milhões em 2004. Estudo sobre as informações financeiras referentes aos exercícios de 2003 e 2004 destes clubes, preparado pela Casual Auditores Independentes, será apresentado no próximo dia 25 no Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRC-SP), na Rua Rosa e Silva, 60, Higienópolis. Individualmente, as receitas variam de R$ 15 milhões e R$ 100 milhões.

Leão perdido
“A sistemática criada não é neutra”, afirma o professor de Direito Financeiro e Tributário Marcos André Vinhas Catão sobre o quadro da não-cumulatividade do PIS/Cofins. Muitas questões não possuem um entendimento uniforme sequer no âmbito da Receita Federal, cujas superintendências dão respostas distintas às consultas dos contribuintes. Catão falará sobre o assunto em café da manhã promovido pela Câmara Britânica de Comércio e Indústria no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira, no Clube Americano (Av. Rio Branco, 123, 21º andar)

Anti-roubo
A etiquetagem de produtos na origem reduziu as perdas médias da Wal-Mart no Brasil em 40%. Por outro lado, o fim da necessidade de confinamento dos produtos possibilitou uma exposição mais agressiva, o que aumentou as vendas em até 25%. A gigante norte-americana faz campanha mundial para que seus fornecedores adotem a etiqueta.

Guanabara
Por falar em Wal-Mart, são mais fortes que nunca os boatos que a multinacional teria comprado a rede de supermercados Guanabara.

Agravo desaba
A 4ª Câmara do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou agravo ao Banco do Brasil, que, na condição de credor hipotecário, pretendia reter os R$ 13,3 milhões obtidos com o leilão, feito este ano, de um terreno na Barra pertencente ao empresário Sérgio Naya. O valor está depositado em juízo e será repassado às vítimas do desabamento do Palace II, segundo o advogado Leonardo Amarante.

OPTou
Independentemente dos resultados finais das investigações das CPIs, uma mancha já se tornou insuperável para o PT: o partido é ligeiro quando se trata de expurgar filiados por divergências políticas e leeeennnnnttoooo para tomar a mesma providência em relação aos acusados de corrupção.

Cooperativas
A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) será sede, nos dias 17 e 18, de um evento internacional sobre cooperativismo e economia solidária. Segundo os organizadores, o 1º Seminário Acadêmico do Comitê Acadêmico Processos Cooperativos e Iniciativas Econômicas Associativas da Associação de Universidades do Grupo Montevidéu (Procoas) tem o objetivo de ampliar o conhecimento e as práticas em cooperativismo e iniciativas econômicas associativas. O evento reunirá universidades brasileiras, da Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai.

Direcionadas
Ao admitir que teve “receio” de perder as contas que suas agências de publicidade tinham no governo federal, o empresário Marcos Valério caiu em nova contradição: se ficar inimigo do PT lhe tirava a tranquilidade, então as licitações feitas pelo governo e estatais não levariam em conta somente a “capacidade” da empresa, como ele gosta de apregoar.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorChavismo ou lulismo
Próximo artigoQuem mudou?

Artigos Relacionados

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Últimas Notícias

Bem Brasil Alimentos acelera exportações de batatas pré-fritas

Indústria mineira realizou embarques para Bolívia, Uruguai e Estados Unidos e projeta quadruplicar o volume de vendas em 2021.

Vale cancela ações em tesouraria sem reduzir o valor do capital social

O Conselho de Administração da mineradora Vale aprovou o cancelamento de 152.016.372 ações ordinárias de emissão da companhia adquiridas em programas de recompra anteriores...

Eve: Aeronaves elétricas de emissão zero de carbono

A Eve Urban Air Mobility, da Embraer, e a francesa Helipass, plataforma de reserva de voo em helicópteros para turismo e mobilidade aérea, anunciaram...

Petrobras terá arquivos nas nuvens

A Petrobras inaugurou, na última sexta-feira (17), o Centro de Competência em Computação em Nuvem (CCC), que vai direcionar e acelerar a estratégia de...

Evergrande: Crise pode afetar exportação de minério de ferro

A segunda-feira foi bastante movimentada com a notícia vinda da China que a Evergrande Real Estate, gigante do setor de incorporação imobiliária no país...