Brasil: 3% da população, 6% dos desempregados do mundo

Pode colocar na conta de Bolsonaro–Guedes.

No mundo, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) prevê que o desemprego global alcançará 207 milhões de pessoas em 2022, um aumento de 18 milhões em relação a 2019. Mulheres e jovens são as maiores vítimas da depressão do mercado de trabalho. A OIT estima que a força de trabalho some 3,3 bilhões de pessoas.

No Brasil, são 11,9 milhões de desempregados, número que deve baixar um pouco até o final do ano, mas que significa que quase 6% (5,8%, para ser mais preciso) dos trabalhadores sem emprego no mundo encontram-se na terra de Guedes.

O percentual fica ainda mais escandaloso quando se compara a população brasileira à global: são 214,6 milhões de habitantes aqui (IBGE) e 7,9 bilhões no planeta. O Brasil tem assim 2,7% da população mundial. Ou seja, o percentual de desempregados é mais de 2 vezes superior à participação do País no número de habitantes do mundo.

Se não bastasse, o Brasil ainda sofre com:

  • População subutilizada: 26,8 milhões de pessoas
  • População subocupada por insuficiência de horas trabalhadas: 6,5milhões
  • População fora da força de trabalho: 65,5 milhões
  • População desalentada: 4,6 milhões de pessoas

Não à toa, a pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça mostra que a área com pior avaliação no governo é a de emprego e renda: 68,1% dos brasileiros dizem ser pior do que esperado no início do mandato de Bolsonaro.

 

Via interditada

A Rodada 152 da pesquisa CNT/MDA sobre o cenário eleitoral é uma pá de cal na terceira (?) via. Dos entrevistados, 68% disseram que não votariam para presidente em João Doria Jr. de jeito nenhum; Simone Tebet aparentemente se saiu um pouco melhor (37,5% não votariam nela), mas isso por causa do desconhecimento: 48,5% disseram não a conhecer, percentual que vem baixando na proporção inversa aos que recusam dar a ela um mandato presidencial.

 

Barrados na guerra

Biden promete lutar até o último ucraniano; enquanto isso, os imigrantes do país são barrados na fronteira dos EUA com México, onde um acampamento já tem quase mil pessoas, número que aumenta entre 50 e 100 por dia. As notícias dão conta que a entrada não será permitida.

 

Rápidas

Estão abertas as inscrições para o curso online Super Comunicadora 2022, da jornalista Alê Monteiro de Castro, dirigido a mulheres que desejem aprimorar suas formas de se comunicar *** Lach, no Jardim Botânico, é o único laboratório do Rio de Janeiro com o exame Painel de Vírus Respiratórios, que avalia 26 vírus, além de fungos, bactérias e intolerância alimentar *** Em 21 de maio, a partir das 10h, o Club Municipal da Tijuca receberá a “Acalme Expo 60+”, com palestras com especialistas em saúde, direito e educação, além de expositores de serviços e produtos para o público sênior. Informações: (21) 98283-5952 *** Com a presença de representantes das principais entidades do setor elétrico brasileiro, o XXVI Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (SNPTEE) será aberto neste domingo (15), às 18h, no Riocentro, RJ. Em seguida será inaugurada a feira de negócios ExpoSNPTEE.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

‘Empreendedores’ fecham suas empresas

Aumentou 35% número de negócios fechados em 2021.

Homeschooling ‘é um projeto’?

Lei ‘priva crianças adolescentes do pleno direito de aprender’.

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Últimas Notícias

Solidus Aitech arrecadou mais de US$ 10,5 mi de fundos com tokens

Serviço de computação de alto desempenho (HPC) quer 'democratizar a IA'.

Pão pita tradicional poderá ser feito em escala industrial

Novo sistema é capaz de produzir até 1.000 quilos/hora de pita.

Policiamento reforçado em terreiros de umbanda e candomblé de Itaboraí

Terreiros foram ameaçados por pastor evangélico em show gospel.

Rodoviária do Rio inicia a 24ª Campanha do Agasalho

Desde a 1ª edição, em 1999, quase 1 milhão de peças já foram doadas.

Votação sobre cobrança de mensalidade em universidade pública é adiada

CCJ decidiu fazer uma audiência pública sobre a PEC 206.