Brasil é o que menos realiza investimento público na América Latina

País investe apenas um terço do que gastam economias mais avançadas.

Estudo da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) verificou que os investimentos públicos na América Latina e Caribe foram cerca da metade do que os países da OCDE investiram como porcentagem do PIB. O Brasil aparece como um dos piores casos, destaca o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi).

Em um período de 10 anos, o Brasil foi o país da América Latina que menos realizou investimentos públicos. Em 2017, foi apenas 1,08% do PIB, ante 3,12% da OCDE.

Os investimentos públicos da América Latina e Caribe foram, em média, 1,59% do PIB em 2017. Peru e Paraguai lideram o levantamento. Brasil México, Colômbia e Honduras apresentaram queda em relação a 2007.

A OCDE afirma que esse tipo de investimento, além de criar infraestrutura básica como rodovias, eletricidade e saneamento, também promove a difusão tecnológica, melhora a produtividade e a competitividade dos países em desenvolvimento que carecem de infraestrutura básica e de telecomunicações.

Leia mais:

Salário mínimo no Brasil é o 2º mais baixo da América Latina

Indústria do Brasil na média das baixas: figura em 26º entre 43 países

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vacinação contra Covid segura queda do PIB em agosto

Segundo Ibre/FGV, na comparação interanual, a economia avançou 4,4%.

Consumidores de 18 a 35 anos comprarão mais no fim de ano

Levantamento revela que as compras de virtuais são impulsionadas pela velocidade de entrega e valorização do frete grátis.

Egito vive disparada no preço da carne

Valores da carne bovina atingem níveis sem precedentes, com aumentos semanais ocasionados pela alta no custo da alimentação do gado.

Últimas Notícias

Conversa com Investidor: Kepler Weber (KEPL3)

Coordenação: Jorge Priori

Consertar este planeta

Por Paulo Márcio de Mello

Cidadania – garantia dos direitos: mudando paradigmas

Por Felipe Quintas e Pedro Augusto Pinho.

Precatórios x cidadãos = possibilidade de negociação

Por Luciana Gouvêa.

Vacinação contra Covid segura queda do PIB em agosto

Segundo Ibre/FGV, na comparação interanual, a economia avançou 4,4%.