Brasil ganha análise independente para medir Boas Práticas ESG

BR Rating avalia 67 práticas e seus indicadores divididos em 18 temas para revelar o estágio em que se encontram companhias nos aspectos Ambientais, Sociais e Governança (ESG)

A BR Rating, agência de classificação e avaliação dos sistemas de Governança Corporativa das empresas, acaba de lançar seu sistema próprio de Análise Independente de Boas Práticas de ESG. A metodologia, desenvolvida em parceria com a PROWA, consultoria especializada em sustentabilidade, consolida diversos bons padrões ESG, nacionais e internacionais, e oferece uma avaliação isenta e objetiva sobre o estágio em que a empresa se encontra em relação à adoção das melhores práticas de forma integrada.

Criada por um grupo de consultores com sólidas experiências em governança corporativa por terem atuado como membros de conselhos de administração, fiscal, consultivo e de comitês em diversas empresas, de diferentes segmentos, a avaliação ESG vem atender uma demanda do mercado. Apesar de a sociedade cobrar, cada vez mais, normas sustentáveis, e as empresas estarem caminhando nesta direção, não havia uma unificação de protocolos que possibilitasse às companhias caminharem na mesma direção. Hoje, cada um avalia e mensura a aderência dos diversos fatores de forma diferente, o que prejudica a comparação e a transparência ao mercado.

“As empresas estabeleceram parâmetros próprios e aceitáveis pelo mercado, mas não comparáveis. Criamos uma metodologia aplicável a todas, de forma independente e que permite ao Gestor do Negócio saber se realmente está no caminho certo e ao mercado conhecer o estágio em que a companhia se encontra”, ressalta um dos sócios da BR Rating, Marcos Rodrigues.

A metodologia proprietária é baseada nas principais referências internacionais e nacionais e analisa o total de 67 práticas e seus indicadores, divididos em 18 temas, sendo 5 relacionados às questões ambientais, 8 para os assuntos sociais e 5 para governança corporativa. Para sua criação, foram unificados os Modelos de Maturidade em Sustentabilidade Corporativa com as ferramentas atuais de implementação, gestão e reporte de sustentabilidade, o que permitiu alcançar um diagnóstico sobre o nível de maturidade da organização em relação às práticas ESG, úteis tanto no processo de planejamento estratégico quanto na implantação de práticas e clareza de comunicação perante os públicos de interesse. Foram estabelecidos 4 estágios: básico, intermediário, maduro e liderança.

O sistema permite avaliar e qualificar o grau de maturidade de ESG em diferentes empresas, gerando oportunidades de criação de Valor e Vantagem Competitiva. Além disso, são identificados aspectos positivos e pontos de melhorias no sistema de gestão de riscos econômicos e socioambientais da organização. “Através do estudo, conseguimos compreender como a administração está tratando as questões socioambientais que afetam a sociedade, governos, partes interessadas e comunidades e identificar os principais gaps na organização para elevar seu estágio de maturidade no tocante a questões sociais, ambientais e de governança”, explica o também sócio da BR Rating, Ronald Bozza.

Sobre os sócios da BR Rating

João Castro
Doutor em Métodos Quantitativos pela FEA/USP, Mestrado em Ciências Contábeis e Financeiras pela PUC/SP, MBA pelo Rensselaer Polytechnic (USA), Esp. em Administração pela FGV, Engenheiro pelo ITA, foi Professor convidado na Pós-Graduação da FIA/USP, FIPE/USP e Saint Paul Business School. Foi Diretor Global de Análise da Indústria e Estratégia da Divisão de Primários da Alcoa, em Pittsburgh, EUA, Diretor de Controle de Investimentos da Telefónica, Consultor da Booz-Allen e Engenheiro de Software da EMBRAER. Atualmente desenvolve projetos em Estratégia e Business Analytics. Foi consultor de empresas como Votorantim Metais, CBA, Whirlpool e Sistema Globo.

Marcos Rodrigues
Graduado em Adm. de Empresas, pós-graduado em Adm. Industrial – USP-POLI, MBA em Gestão Empresarial FGV – Univ. of California, Conselheiro de Administração – IBGC e Executivo com 30 anos de experiência ocupando posições C-Level em empresas dos setores de Consultoria, Construção Civil, Varejo, Tecnologia e BPO, no Brasil e Exterior. Atualmente atua em projetos de criação de valor, transformação empresarial, reestruturação, melhoria de performance, turnaround e M&A. Ocupa posições em Conselhos, nos segmentos de Educação, Saúde, Indústria, Transportes, Tecnologia e Serviços.

Olavo Rodrigues
Formado em Administração pela Universidade Mackenzie. Atua há mais de 14 anos como Conselheiro de Administração, Fiscal e Consultivo em empresas de capital aberto e familiares de vários setores da economia, tais como; Geração de Energia Hidroelétrica, Construção Civil, Desenvolvimento Urbano, Geração de Energia Eólica, Varejo Alimentar e Não Alimentar; Operadora de Saúde, Indústria Têxtil; e Indústria de Bebidas. Como executivo, iniciou sua carreira na Arthur Andersen há 35 anos e foi Presidente e Diretor Executivo em diversas empresas. É membro do IBGC desde 2006.

Ronald Bozza
Graduado em Administração pela Universidade Mackenzie, pós-graduado em Recursos Humanos pela UNA-MG e Mestre em Gestão e Estratégica de Negócios pela UFRJ. Possui aproximadamente 30 anos de experiência desenvolvendo projetos de consultoria junto a mais de 350 empresas nacionais e multinacionais, com foco na área de Recursos Humanos e Organização. Trabalhou em empresas como Dow Química, Rhodia, Korn Ferry Hay e Pepsi. É membro independente do Comitê de Pessoas e tem apoiado Conselhos de Administração e de Família nos últimos 20 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Petrobras contrata fornecedores para uso de nova tecnologia

A Petrobras, operadora do consórcio de Libra, localizado no pré-sal na Bacia de Santos, iniciou processo de contratação de fornecedores para execução do projeto,...

Petrobras: recorde de produção no pré-sal em 2021

A Petrobras atingiu recorde anual de produção no pré-sal em 2021, ao alcançar 1,95 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse...

Últimas Notícias

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...