Brasil tem Natal com mais de 190 mil mortos por coronavírus

Início do ano deve 'explodir' volume de casos de Covid-19. São Paulo recomeça restrições.

Nesta sexta-feira até às 13h, o Brasil registrou 190.145 mortes por coronavírus e 7.430.980 casos confirmados, de acordo com levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

De acordo com a diretora clínica e professora Eloisa Bonfá, do Hospital das Clínicas da FMUSP, em entrevista a Folha de S. Paulo, o Hospital das Clínicas de São Paulo (HC) já se prepara para uma possível explosão de casos de covid-19 no início do ano.

Eloísa Bonfá explica que os brasileiros precisam entender sua responsabilidade social nesta, que é a maior crise sanitária já vivida pelo país. “As pessoas estão bebendo e comendo como se nada estivesse acontecendo e depois ainda encontram o pai, o avô. É preciso acreditar que não é hora de ‘estou com saudade da minha mãe, vou visitar minha avó’. Não tem justificativa. Se você gosta mesmo do seu familiar, tem que entender que, se ele adoecer, ele precisa ter leito”, afirma. “Caminhamos para um número que está subindo como se fosse a primeira onda. Isso, para mim, é de tirar o sono”, completa.

Segundo Eloísa Bonfá, o HC não usa cloroquina e aposta na vacina para combater a pandemia. “É preciso convencer a população a aderir à imunização. As vacinas estão passando por protocolos internacionais extremamente rígidos. Qualquer vacina deve ser muito bem-vinda”, explica e completa: “se tem uma coisa que une a saúde, a vida e a economia é a vacina. Se nós tivermos vacina, vidas serão salvas, o desemprego vai diminuir e as lojas e os restaurantes vão abrir.”

Restrições

Já está em vigor no Estado de São Paulo as restrições da Fase Vermelha do plano de quarentena contra a Covid-19. O decreto estadual determina que entre os dias 25 e 27 de dezembro e 1º e 3 de janeiro só funcionem as atividades essenciais, fechando comércio, bares e restaurantes, como forma de conter a disseminação da doença durante as festas de fim de ano.

Nesses dias, apenas atividades essenciais poderão funcionar. Fica proibido o atendimento presencial em shoppings, lojas, concessionárias, escritórios, bares, restaurantes, academias, salões de beleza e estabelecimentos de eventos culturais. Farmácias, mercados, padarias, postos de combustíveis, lavanderias e serviços de hotelaria estão liberados.

Atualmente, somente a região de Presidente Prudente, no interior paulista, está classificada na Fase Vermelha, mais restritiva do planejamento de quarentena do governo estadual. O restante do estado está na fase amarela, que permite o funcionamento do comércio com restrições de público e protocolos de segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Asean: Nova zona de livre comércio pode ameaçar supremacia ocidental

Índia pode bater de frente com a China.

Campos Neto: BC vai rever para baixo crescimento do PIB para 2022

Última conta do BC era de alta de 2,1%.

Turismo deve fechar ano com aumento de 16% e faturamento de R$ 130 bi

FecomercioSP: valor é 22% inferior ao registrado no período de pré-pandemia.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...