Brasileiros com contas em múltiplos bancos usam digitais para gastar

A preferência dos brasileiros que possuem contas em bancos tradicionais e digitais em movimentar seu dinheiro por meio dos novos bancos, foi uma das principais novidades no relatório Transformação Digital na América Latina – 2021”, conduzido pelo fundo de venture capital Atlantico. Isso porque, a pandemia da Covid-19 trouxe um intenso movimento de digitalização na sociedade nos mais diversos campos. Um dos que mais passou por transformações, muito por causa da necessidade do distanciamento social.

Em julho de 2021, de acordo com uma análise feita pela empresa Guiabolso com base em 6 milhões de usuários, 52% dos usuários com contas em mais de um banco preferiram movimentar suas finanças por meio dos bancos digitais, contra 48% dos que quiseram utilizar mais modelos tradicionais, com agências físicas. No mesmo período do ano passado, esse cenário era de ampla vantagem para os bancos tradicionais: 65% contra 35% dos que preferiam os neobanks.

O movimento de digitalização dos bancos é algo que deve ser ampliado nos próximos anos. É o que acredita o managing partner do Atlantico, Julio Vasconcellos. “Os consumidores têm buscado alternativas para facilitar suas vidas e os bancos e meios de pagamento digitais têm oferecido mais artifícios para agilizar a rotina das pessoas”, comenta.

Segundo o relatório do Atlantico, na América Latina, o Brasil lidera a quantidade de pessoas que têm preferido pagar suas contas com cartão, seja por débito ou crédito, em comparação com o dinheiro. Enquanto em países como México e Peru as compras em dinheiro representam 86% e 85% das movimentações, respectivamente no Brasil esse número é de apenas 65%.

Essa mudança de paradigmas nos pagamentos acompanha o aumento de quase 5 vezes nos pagamentos feitos sem contato no último ano. No primeiro quadrimestre de 2020, menos de R﹩ 4 bilhões eram movimentados por esse método. Já no mesmo período de 2021, as movimentações contactless já representam R﹩ 18.6 bilhões.

A preferência dos brasileiros por meios de pagamento sem contato e de forma digital também se reflete no sucesso do PIX. De novembro de 2020 a julho de 2021, as movimentações nesta modalidade aumentaram em 2546% no Brasil. No México, o sistema CoDi, algo semelhante ao PIX brasileiro, teve aumento de transações de apenas 37%.

Outro dado importante é que as transações por PIX têm ganhado espaço dentro das empresas. Em novembro de 2020, apenas 13% das companhias adotavam esse modelo, seja em pagamentos de empresas para empresas, empresas para pessoa física ou ao contrário. Em junho de 2021, 27% das movimentações já são feitas com pelo menos uma empresa envolvida.

O avanço tecnológico na América Latina já vinha acontecendo com o passar dos anos. Os investimentos de capital, tanto de empresas locais como de companhias de outros países, era realidade, tanto que as perspectivas do setor vinham sendo otimistas. A pandemia da covid-19 traçou um novo panorama para os países dessa região, que nos próximos anos devem ser impactados positivamente cada vez, como mostra o relatório “Transformação Digital na América Latina – 2021”, divulgado pelo fundo de venture capital Atlantico no dia 20 de setembro.

O documento aborda diversos aspectos da evolução tecnológica na América Latina, levando em consideração todo o fator pandêmico, abrangendo sua análise para diferentes setores que passam pelo processo de transformação digital.

O documento completo, contendo todas as informações obtidas pela equipe do Atlantico, pode ser acessado no site oficial da empresa:

https://www.atlantico.vc/2021-transformao-digital-da-america-latina

Atlantico é um fundo de venture capital que investe em empresas de alto crescimento na América Latina. O fundo é liderado por Julio Vasconcellos, fundador do Peixe Urbano e primeiro representante do Facebook no Brasil. O fundo faz parte da mesma firma de investimentos do fundo Canary.

Leia também:

Lucros dos bancos podem ser afetados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

BB DTVM lança ETF de Agronegócio na B3

Primeiro voltado para o setor de agronegócio disponível no mercado doméstico

Empresas brasileiras pagam mais a acionistas

Vale: 9° lugar no mundo, na frente da Apple

Substituição na Petrobras causa mal estar no mercado

É a quarta troca de comando no governo Bolsonaro

Últimas Notícias

Solidus Aitech arrecadou mais de US$ 10,5 mi de fundos com tokens

Serviço de computação de alto desempenho (HPC) quer 'democratizar a IA'.

Pão pita tradicional poderá ser feito em escala industrial

Novo sistema é capaz de produzir até 1.000 quilos/hora de pita.

Policiamento reforçado em terreiros de umbanda e candomblé de Itaboraí

Terreiros foram ameaçados por pastor evangélico em show gospel.

Rodoviária do Rio inicia a 24ª Campanha do Agasalho

Desde a 1ª edição, em 1999, quase 1 milhão de peças já foram doadas.

Votação sobre cobrança de mensalidade em universidade pública é adiada

CCJ decidiu fazer uma audiência pública sobre a PEC 206.