Brasileiros sofrem uma tentativa de fraude a cada oito segundos

Recorde do primeiro semestre foi puxado pelas ações cometidas contra jovens de até 25 anos; Nordeste teve maior crescimento no período.

Indicador de Tentativas de Fraude da Serasa Experian mostra que o primeiro semestre de 2021 teve uma movimentação possivelmente fraudulenta a cada oito segundos. Foram 1,9 milhão de ataques ao longo dos seis primeiros meses deste ano, um aumento de 15,6% com relação ao mesmo período de 2020 e o maior volume já registrado no semestre desde o início do índice, em 2011. O levantamento traz a visão inédita sobre a idade das pessoas que sofreram os ataques, identificando que esta alta foi puxada principalmente pelas ações contra pessoas de até 25 anos, cujo crescimento foi de 19,3%.

Segundo a Serasa Experian, o aumento das tentativas de fraude ocorrido em 2021 é um reflexo da aceleração da digitalização por conta da pandemia de Covid-19. “Houve uma mudança no comportamento dos brasileiros, que passaram a adquirir bens e serviços online, graças às regras de distanciamento social impostas pela pandemia. Portanto, os oportunistas tinham mais transações para tentar acessar dados e recursos. Por isso a importância de ter plataformas robustas que identifiquem essas tentativas e impeçam a ação dos fraudadores”.

As ocorrências de movimentações suspeitas ocorreram principalmente no setor financeiro nestes primeiros seis meses de 2021: Bancos e cartões tiveram 1,2 milhão de tentativas e as financeiras, 205 mil, com variação acumulada de 59,2% e -40,7%. O setor que teve maior crescimento no comparativo entre semestres deste ano e 2020 foi o varejo, com alta de 89,5% e 167 mil. Telefonia (-49,0%) e serviços (-19,5%) apresentaram queda, registrando 79 mil e 258 mil tentativas, respectivamente.

Apesar de o Sudeste ter o maior acumulado do semestre, foi o Nordeste que registrou maior variação no período. O Sudeste teve pouco mais de 1 milhão de tentativas, seguido pelo Nordeste (347 mil), Sudeste (300 mil), Centro-oeste (176 mil) e Norte (120 mil). Este aumento no Nordeste pode ser um indicativo do maior número de empresas atuando na região. Outro fator importante é que muitos donos de empreendimentos estão utilizando sites e redes sociais para comercializar produtos, canais suscetíveis a atividades de fraudadores.

Os crimes de ransomware (extorsão digital na qual dados ou sistemas computacionais das vítimas são criptografados através de software e apenas liberados mediante o pagamento por meio de moedas digitais) cresceram cerca de 500% entre 2018 e 2020. Só neste ano, de janeiro até maio, o aumento foi de 116%. O aumento significativo dos valores de resgates também assusta. Os prejuízos deste tipo de ataque devem atingir US$ 20 bilhões este ano. Durante a pandemia, os ataques cibernéticos se tornaram alarmantes. Relatório recente sobre Crimes Criptográficos da Chainalysis, empresa especializada em blockchain e que analisa o uso de criptomoedas em transações criminosas, mostra que em 2020 houve um aumento de 311% nos pedidos de resgate por dados e sistemas sequestrados e que pelo menos US$ 350 milhões foram pagos a grupos criminosos.

Segundo a Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc), o alto potencial de lucro como atrativo de organizações criminosas, as brechas de segurança em empresas e a maior probabilidade de invasão utilizando técnicas avançadas que exploram o comportamento humano, fazem com que esse tipo de crime cresça cada vez mais no país. Este tipo de crime cresceu cerca de 500% entre 2018 e 2020. Só neste ano, de janeiro até maio, o aumento foi de 116%. O aumento significativo dos valores de resgates também assusta. Os prejuízos deste tipo de ataque devem atingir US$ 20 bilhões este ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

BR do Mar tira empregos e financiamento do Brasil

Senado reduz tripulação mínima brasileira para apenas 1/3; abertura na cabotagem não tem precedentes no mundo.

Plenário do Senado derruba esquema de securitização

Sistema desviava impostos pagos pela sociedade para garantir títulos financeiros.

Constituição passará a garantir renda básica

Espaço fiscal aberto no orçamento será totalmente vinculado a gastos sociais.

Últimas Notícias

Contração seguida do PIB configura recessão técnica

A quinta-feira foi marcada pela repercussão dos dados divulgados sobre o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos...

Renova Energia fecha negócio da Brasil PCH

A Renova Energia, em recuperação judicial, concluiu nesta quinta-feira a venda de sua posição majoritária na Brasil PCH, sociedade que reúne 13 usinas de...

ANP aprova novas regras para firmas inspetoras de combustíveis

A Diretoria da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira (02) a resolução que revisa os requisitos necessários para...

Dia de alta para Petrobras e Braskem

A quinta-feira foi um dia de propensão a risco. “Tivemos uma alta bastante expressiva de alguns papéis na bolsa como Petrobras e Braskem. A...

B3 faz leilão do Fundo de Investimentos da Amazônia

Dia 16 de dezembro, a B3 realizará o leilão de valores mobiliários integrantes da carteira de ações do Fundo de Investimentos da Amazônia (Finam),...