Brasilprev registra lucro líquido de R$ 1 bilhão

Especialista em previdência privada, a Brasilprev divulgou o seu Balanço Anual de 2021, que apresenta um lucro líquido ajustado (que exclui resultados extraordinários) de R$ 1,008 bilhão. O valor é 11% superior ao apresentado em 2020, quando a companhia registrou R$912 milhões. Além disso, a carteira total de investimentos também registrou crescimento, encerrando o ano com R$318,2 bilhões em ativos sob gestão, o equivalente a 30% de market share.

“Ainda que 2021 tenha sido marcado pela continuidade da pandemia, o mercado se mostrou resiliente, e apoiados pela forte rede de distribuição do Banco do Brasil, conseguimos consolidar este resultado positivo”, comenta a presidente da Brasilprev, Ângela Assis (foto). “Também percebemos neste período a solidificação do papel social da previdência, que respondeu com agilidade à necessidade das pessoas, e ampliou a consciência sobre educação financeira e a construção de reservas de médio e longo prazo”.
Segundo o diretor de Planejamento e Controle da Brasilprev, Nelson Katz, durante todo o ano a Brasilprev buscou ampliar e melhorar a qualidade da assessoria prestada aos mais de 2,4 milhões de clientes. “Nós aceleramos o processo de transformação digital da companhia e investimos muito em tecnologia e inteligência artificial. Um dos exemplos é o nosso WhatsApp, que hoje oferece diversos serviços e tem uma alta taxa de aprovação”.

O diretor revelou ainda que a forte atuação junto aos clientes permitiu uma mudança no cenário de investimentos da Brasilprev. “Nós seguimos lançando fundos e estratégias cada vez mais personalizadas, e por conta das taxas de juros mais baixas registradas no ano passado, também conseguimos reforçar a discussão sobre a importância da diversificação dos investimentos”, disse. “Para se ter uma ideia, abrimos 2021 com 85,8% de ativos em renda fixa, e 14,2% em Multimercado. Atualmente os fundos multimercado representam 33,2% da carteira. Foi um grande trabalho dos nossos consultores, que renderam ótimos respostas dos nossos clientes”.

Em 2021, as receitas dos planos de previdência da Brasilprev atingiram a marca de R$45,8 bilhões, representando um crescimento de 11,4% frente ao mesmo período de 2020, mantendo a empresa em primeiro lugar entre as seguradoras no ranking de arrecadação total.

Além disso, o saldo das reservas técnicas total evoluiu 1,6% em relação ao mesmo período de 2020, totalizando R$313,2 bilhões. Quando se compara este dado com os R$ 318,2 bilhões da carteira de investimentos, a disponibilidade da empresa supera em R$5 bilhões a necessidade de recursos para a cobertura dos eventos de aposentadoria, invalidez, pensão e pecúlio contratados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Assistência médica totalizou 49,8 milhões de beneficiários em junho

Planos exclusivamente odontológicos registraram 29.9 milhões de usuários; dados são da ANS.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.