Brexit com acordo é cada vez mais difícil

381
Boris Johnson. Foto: divulgação
Boris Johnson. Foto: divulgação

“Há uma forte possibilidade” de o Reino Unido não conseguir fechar um acordo comercial com a União Europeia que suceda o Brexit (saída do bloco), afirmou na quinta-feira o primeiro-ministro Boris Johnson. O fracasso de um futuro acordo comercial entre o bloco europeu e o Reino Unido é “muito, muito provável, afirmou o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, nesta sexta-feira. Os dois lados estão nos últimos dias de negociações sobre as relações bilaterais a partir de 1º de janeiro. O setor privado britânico tem advertido que uma ruptura brusca pode gerar falta de produtos no país e o fechamento de fábricas.

A partir do primeiro dia de 2021, Londres corta definitivamente os laços com o mercado único e a união alfandegária europeia.  Boris Johnson avaliou que a saída sem acordo pode “ser maravilhosa”. Ninguém sabe como ficará o Reino Unido depois que o período de transição terminar. Mas uma coisa é certa: o Brexit já não está mais no centro dos debates.

Chegando ao encontro com Johnson, Úrsula Von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, disse que as condições para um acordo teriam que ser “justas para nossos trabalhadores e nossas empresas”. “Este equilíbrio perfeito e justo não foi alcançado até agora”, disse ela, acrescentando que uma decisão seria tomada até domingo.

 

Espaço Publicitáriocnseg

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui