Brexit diminui informações de segurança

O acordo fechado às vésperas do Natal entre a Grã-Bretanha e a União Europeia vai acabar com o fim do livre movimento de pessoas, embora continue sem exigência de visto, e menos informações de segurança compartilhadas, já que o Reino Unido deixará de participar da Europol ou Eurojust e perderá o acesso ao sistema Schengen. No entanto, o comércio fluirá sem tarifas ou cotas a partir de 1º de janeiro.

 

Chateaux do Joá

Um hotel em pleno Joá, com apenas 5 suítes, serviço personalizado e um chef à disposição são os grandes diferenciais do hotel boutique. A proposta está sendo levada agora para a Lapa.

 

Vistos suspensos

Em função da pandemia, o Consulado dos EUA, no Rio suspendeu o agendamento para concessão e renovação de vistos, até deliberação de Washington. A única exceção é para tratamento médico.

 

Vergonha

Muito triste a ideia de Neymar de realizar uma semana de eventos, no Réveillon, em plena segunda onda. Enquanto isso, jogadores europeus e outros brasileiros, cientes de seu papel social, vão festejar em casa.

 

Cria da Tijuca

Um dos grupos mais animados do Facebook é o que reúne o pessoal da Tijuca. Estamos encontrando não só amigos como revivendo nossa juventude. Parabéns aos organizadores e, sobretudo, à paz que reina.

 

Webserie ‘especialistas do Vale do Café’

O Instituto Preservale inicia o ano com um projeto desafiador de capacitação para venda do Vale do Café, através de uma webserie com prestadores de serviços da região. A nova superintendente executiva, Viviane Fernandes, pretende profissionalizar cada vez mais a região, inclusive com mais um tour virtual em março.

 

Livro sobre o Rio

A Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ lança, em junho, um e-book com fotos de inspiração do Rio. Dez apaixonados pelo estado vão nos encantar com seus cliques. Mais uma produção da CRV do Paraná.

 

Pensamento da semana

2021 se avizinha. O que dizer de 2020? E o que esperar para 2021? Foi um ano de muito aprendizado, de renascimento, de encontros, de tomadas de posições, descobertas. Sim, o confinamento e o isolamento nos fizeram perceber que era hora de mudar, de entender melhor a vida e de caminharmos para a espiritualização, solidariedade e amor ao próximo. De simplesmente deixar pelo caminho quem não queria seguir conosco ou estava conosco por conveniência. Uma conveniência de ambos, mas sem afeto real. Foi um ano de afetos que finalmente se tornaram sólidos e voltaram. Um ano de perdas, de lutos, de tristeza, de autoprisão, de autoexílio, mas de resiliência sempre. 2021 há de ser o melhor ano de nossas vidas, com muita vontade de amar, de seguir cada vez mais o caminho da diversidade, de preconizar entendimento e não discórdia. Sim, 2021 será o fortalecimento da Democracia, de viver para a Humanidade e para o bem de Todos. Sofremos muito em 2020, mas aprendemos muito, e 2021 há de ser, com a vacina obrigatória, a retomada de nosso Eu mudado, verdadeiro, apaixonado e com muita paz interior e sempre disposto a escutar e lutar!

Leia mais:

Brexit com acordo é cada vez mais difícil

Reino Unido e UE conversam de novo para garantir acordo pós-Brexit

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Uma viagem eno-astrológica

Tomar de empréstimo o léxico astrológico para fazer analogias entre as características dos vinhos e dos signos solares.

Alerj barra privatização da Cedae pela segunda vez

Projeto condiciona venda a renovação do Regime de Recuperação Fiscal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Campos marítimos do pós-sal estão em decadência

Os campos marítimos do pós-sal já produziram cerca de 16 bilhões de barris de óleo equivalente ao longo de sua história, ou seja, 63%...

Motoboys protestam em São Paulo

Entregadores tomaram ruas de São Paulo contra baixa remuneração e péssimas condições de trabalho

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.