BRT: Caixa e Prefeitura do Rio fecham contrato de R$ 148,8 milhões para ampliação da frota

260
Novo BRT
Novo BRT (Foto: Tania Rego/ABr)

A Caixa e a Prefeitura do Rio de Janeiro assinaram, nesta quarta-feira, contrato de financiamento no valor de R$ 148,8 milhões para a compra de 85 ônibus Padron Euro 6, com o objetivo de ampliar e requalificar a frota do sistema BRT da cidade. São R$ 141,4 milhões financiados pelo banco e mais R$ 7,4 milhões de contrapartida do município.

A solenidade, que ocorreu no Centro de Pesquisas, Desenvolvimento e Inovação da Petrobrás (Cenpes), contou com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do ministro da Casa Civil, Rui Costa, do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, do presidente da Caixa, Carlos Vieira, da presidente do Banco do Brasil, Tarciana Medeiros, do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e demais autoridades.

A operação de crédito, que conta com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), foi feita pelo Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, o Pró-Transporte. Os novos veículos devem operar nos corredores BRT TransOeste, TransBrasil, TransCarioca e TransOlímpico, da capital.

Presidente Lula, Tarciana Medeiros, Eduardo Paes e Carlos Vieira assinam contratos no Rio de Janeiro
Presidente Lula, Tarciana Medeiros, Eduardo Paes e Carlos Vieira assinam contratos no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

A Caixa apresentou as melhores condições de mercado, com prazo de 120 meses, sendo 12 meses de carência e 108 de amortização.

Espaço Publicitáriocnseg

O presidente Lula destacou a importância de priorizar a necessidade dos cidadãos para a destinação de investimentos aos municípios. “Esse país pode ser governado com muita cidadania, com muita democracia, e estaremos sempre olhando o seguinte, não importa quem é o prefeito, mas sim saber se o que está sendo feito é em benefício ao povo da cidade”, disse. “O dinheiro que a gente emprega aqui no Rio de Janeiro a gente vê a compensação com ele transformado em uma obra em benefício do povo”, finalizou.

“Investir em mobilidade é proporcionar qualidade de vida. É permitir que o cidadão possa se deslocar de maneira segura e rápida. Esse é o papel da Caixa: promover desenvolvimento econômico com justiça social”, completou o presidente da Caixa, Carlos Vieira.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, lembrou os investimentos já feitos pelo Governo Federal na cidade por meio da Caixa.

“Em agosto de 2023 fizemos um financiamento com a Caixa de R$ 646 milhões para a compra de ônibus Euro 6 (tipo articulado), os primeiros do Brasil, que trazem dignidade a população e maior conforto”, disse.

“Hoje estamos assinando mais um contrato, de R$ 141 milhões, para a compra de ônibus, que a gente chama de conexão BRT, ligando os corredores do BRT, mudando a vida das pessoas, que economizarão tempo de trajeto”, acrescentou.

Tecnologia

Os novos veículos atenderão os padrões do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), conforme legislação européia Euro 6, estando de acordo com as normas internacionais sobre limites de emissão de gases poluentes veiculares.

O programa Pró-Transporte, operado com recursos do FGTS, tem por objetivo promover a melhoria da mobilidade urbana, da acessibilidade universal, da qualidade de vida e do acesso aos serviços básicos e equipamentos sociais nas cidades brasileiras, por meio de investimentos em sistemas e outras infraestruturas de mobilidade urbana, priorizando os meios de transporte público coletivos e os não motorizados.

Por meio do programa, financia-se, ao setor público e ao setor privado, a implantação de sistemas de infraestrutura de transporte, atendendo prioritariamente áreas de baixa renda. Além da promoção do desenvolvimento físico-territorial, econômico e social, o Pró-Transporte também contribui para a melhoria da qualidade de vida da população e da preservação do meio ambiente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui