Hypera compra marcas Buscopan e Buscofen por R$ 1,3 bi

Analistas do Brasil Plural acham que a adição de uma nova marca ao portfólio está alinhada ao objetivo da empresa.

A Hypera comprou, por R$ 1,3 bilhão, as marcas Buscopan e Buscofen que pertenciam à Boehringer, no Brasil. O primeiro é atualmente a marca líder no segmento de antiespasmódico no Brasil, e os dois são a segunda maior franquia no mercado de OTC no Brasil. Agora, terá de aguardar a aprovação da autoridade antitruste. Em comunicado ao mercado, a empresa ressaltou que a operação está alinhada com o seu objetivo estratégico de fortalecer a presença no mercado de OTC, com marcas consagradas e de alto potencial de crescimento no mercado farmacêutico brasileiro. Os analistas do Brasil Plural, que acompanham a Hypera, acham que a adição de uma nova marca ao seu portfólio está alinhada ao objetivo de fortalecer a presença por meio de marcas com alto potencial de crescimento por meio de extensões e inovação incremental. E ressaltam a posição de caixa de R$ 1,39 bilhão ao final do último trimestre.

 

Gaúcha Fras-le compra paulista Nakata

Para ampliar o portfólio de produtos, a Fras-le, fabricante de autopeças de Caxias do Sul e controlada pela Randon, está comprando por R$ 457 milhões a Nakata, produtora de autopeças, cuja sede fica em Osasco. A transação depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Os analistas do Itaú BBA e do Bradesco BBI classificaram a operação como positiva. O acordo representa um avanço estratégico para a Fras-le”, avaliam os do Itaú BBA, enquanto os do Bradesco BBI acham que a aquisição poderá criar sinergias de R$ 95 milhões nos próximos cinco anos, com a produtora de amortecedores, complementando o portfólio da fabricante de pastilhas de freio e lonas.

A Randon está virando uma potência no mercado brasileiro de autopeças”, ressaltam os do Bradesco e acreditam que depois de concretizada a transação a BBI. Segundo a corretora, quando a aquisição estiver concretizada no próximo ano, o valor das ações da Randon terá acréscimo de R$ 200 milhões, ou R$ 0,60 para cada papel. Assim, mantiveram a classificação de “outperform”, e elevaram o preço-alvo de R$ 12,65 para R$ 16,00 em 2020. Já o Itaú BBA projeta um preço-alvo de R$ 15,00 para o papel Randon em 2020.

 

Duas corretoras dos EUA multadas em US$ 522 mi

As corretoras Bluefin Trading LLC e a Critical Trading LLC,, em 2016, obtiveram ilegalmente lucro de cerca de US$ 224 milhões e de US$ 150 milhões com a colocação de ações ordinárias da Lockheed Martin Corp. As investigações da Securities and Exchange Commission concluíram que as duas instituições ganharam muito por não ter respeitado a regra vigente e fizeram uma oferta exagerada de ações, prejudicando as concorrentes. Sem admitir ou negar as descobertas da SEC, a Bluefin e a Critical concordaram em ser censuradas e cessar e desistir de futuras violações e a primeira vai pagar US$ 303 milhões de multa e a segunda, US$ 219 milhões.

 

Eletronorte pagará R$ 194 milhões para Eletrobras

Os acionistas da Eletrobras, na Assembleia Geral Extraordinária convocada para o dia 31 de janeiro de 2020, decidirão quais as formas para solucionar a dívida da estatal com a Eletronorte, estimada em R$ 2,9 bilhões. A opção que será votada, será a dação em pagamento da totalidade das ações da Amazonas Geração e Transmissão de Energia S/A para a Eletronorte, no valor total de R$ 3,1 bilhões. Como o valor dessas ações é maior que a dívida em dezembro, quando a transação for realizada, a Eletronorte terá de pagar R$ 194 milhões, em dinheiro. De onde surgirá o dinheiro, ninguém sabe.

 

Notre Dame paga R$ 49 milhões pela Ecole

Por R$ 49 milhões, valor ainda sujeito a ajuste relativo ao endividamento líquido, a Notre Dame adquiriu uma concorrente paulista, a Ecole Serviços Médicos Ltda., que tem 45 mil clientes, na capital e na Região Metropolitana e faturou R$ 68 milhões em 2018.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

É a inflação, estúpido

Preços não dão trégua a Bolsonaro em ano de eleição.

Brasil: 3% da população, 6% dos desempregados do mundo

Pode colocar na conta de Bolsonaro–Guedes.

Últimas Notícias

Exportação de sucata ferrosa cresceu 43% em abril

Preços se acomodaram; após pressão forte no mercado em função da guerra e da China, tendência é de normalização no Brasil.

Correspondentes bancários são punidos por irregularidade em consignado

Sidney: 'assédio comercial leva ao superendividamento do consumidor; isso não interessa a ninguém, nem ao consumidor nem aos bancos'.

Inadimplência cresce e atinge 61,94 milhões de brasileiros

Número de inadimplentes no país teve crescimento de 5,59% em comparação a abril de 2021; média das dívidas é de R$ 3.518,84.

Inflação permaneceu elevada em todas as faixas de renda em abril

Variação foi entre 1% para famílias de renda mais alta e 1,06% para mais baixas; dinheiro é maior preocupação de três em quatro brasileiros.

Mercados globais operam no negativo com dados decepcionantes de China

Notícias de Xangai e IBC-Br também ficam no radar.