Cafés da Ásia e Oceania atingiram 5,03 milhões de sacas em março

Pela primeira vez, exportações dos dois continentes suplantaram a América do Sul em um único mês.

As exportações de todas as formas de café, em nível mundial, exclusivamente no mês de março do corrente ano, totalizaram um volume físico equivalente a 13,16 milhões de sacas de 60kg, o que representa um ligeiro aumento de 4% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Tal aumento é atribuído principalmente aos países produtores da Ásia e Oceania que, pela primeira vez, romperam a barreira dos 5 milhões de sacas exportadas em um único mês, com 5,03 milhões de sacas vendidas, as quais representam um crescimento de 19,4%, na comparação com o total exportado por essa região no mês de março do ano anterior.

Com esse desempenho, os países produtores de café da Ásia e Oceania pela primeira vez também suplantaram a América do Sul, que ocupava essa posição desde abril de 2018, em volume de exportações em um único mês. Convém salientar que esse aumento expressivo, em grande parte, deve ser creditado ao Vietnã, segundo maior produtor de café do mundo, logo após o Brasil, país asiático que exportou 3,62 milhões de sacas, volume físico que representou um acréscimo de 29,4% das exportações no referido mês.

No mesmo mês de março, o volume físico de sacas exportadas pelo México e América Central totalizou 1,91 milhão de unidades de 60kg, o que correspondeu a um decréscimo de 10,1%. A principal razão dessa queda das exportações dessa região foram as vendas ao exterior de Honduras, cujos embarques em março deste ano caíram 22%, de 808 mil sacas para 630 mil, e, também, do México, que caíram 9,3% em março, de um total de 366 mil sacas para 332 mil sacas, na mesma base comparativa.

Estas análises da performance da cafeicultura mundial sobre exportação, com foco no desempenho do mês de março de 2022, tiveram como fonte de consulta o Relatório Sobre o Mercado de Café de abril, da Organização Internacional do Café (OIC).

Leia também:

Café: exportação soma 14,7% do total do quadrimestre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

‘Estados nunca respeitaram o princípio da seletividade’

Segundo tributarista, lei do ICMS 'nada mais fez do que acompanhar decisão do STF'.

IPC-S recuou em quatro capitais de maio para junho

Segundo a FGV, a maior queda foi registrada no Rio de Janeiro.

Sanções contra Rússia levam inflação na Europa para perto de 2 dígitos

Preços da energia subiram 42% em 1 ano.

Últimas Notícias

Reservatórios fecharam junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.

Presidente do Egito inaugura teste de VLT fabricado na China

O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.

‘Estados nunca respeitaram o princípio da seletividade’

Segundo tributarista, lei do ICMS 'nada mais fez do que acompanhar decisão do STF'.

Semana promete com agenda econômica importante lá fora

No Brasil, os destaques ficam com a percepção de que as rachaduras no Teto de Gastos são irrecuperáveis.