Café: em cinco meses países produtores compram 671 mil sacas do Brasil

Volume físico total exportado em cinco meses atingiu 16,62 milhões de sacas com receita cambial de US$ 3,86 bilhões.

O total acumulado das exportações dos cafés do Brasil no ano-cafeeiro em curso, especificamente no período de janeiro a maio de 2022, atingiu o equivalente em volume físico a 16,62 milhões de sacas de 60kg, as quais foram adquiridas por 112 países, com preço médio de US$ 232,91, gerando assim uma receita cambial ao nosso país de US$ 3,86 bilhões.

Em relação a esse volume físico total exportado, constata-se que os cafés da espécie arábica somaram 14,46 milhões de sacas, que correspondem a 87% das exportações de café, enquanto que os cafés da espécie robusta atingiram a soma de 639,35 mil sacas, que equivalem a 3,8% das vendas, totalizando assim 15,10 milhões de sacas de cafés verdes, os quais representam em torno de 90% do adquirido pelos 112 países. Em complemento, também foram exportados cafés solúvel, torrado e moído, sendo 1,50 milhão de sacas de café solúvel (9%) e 16,87 mil sacas de café torrado e moído (1%).

Neste contexto das exportações dos cafés do Brasil, 10 países produtores de cafés terem importado do nosso país, no período em destaque, o equivalente a 671,25 mil sacas de 60kg, obviamente para suprir suas demandas internas e/ou de exportações.

Assim, um ranking em ordem decrescente das seis maiores importações realizadas por esses países produtores de cafés, de janeiro a maio de 2022, revela o seguinte: na primeira posição destaca-se a Colômbia com a aquisição de 506,54 mil sacas, o que equivale a 75,5% do total exportado dos cafés do Brasil. Na segunda colocação vem a República Dominicana com a compra de 60,11 mil sacas (9%); seguido do México com 47,61 mil sacas (7,1%).

De acordo com Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), conforme retrata o seu relatório mensal de maio, exclusivamente no mês de maio de 2022, as exportações brasileiras de café totalizaram 2,80 milhões de sacas de 60 kg, volume que representa crescimento de 5,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Leia também:

Café: em seis meses mundo exportou 78 milhões de sacas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

EUA: tiroteio em escola bate maior número em 20 anos

Segundo relatório, houve apenas 23 incidentes com vítimas fatais durante o ano letivo de 2000/2001.

‘Adesão da Finlândia e da Suécia enfraquecerá Otan’

Para estudiosa, Ocidente 'precisou' se expandir para países da ex-URSS para impor 'valores ocidentais' e 'democracia', segundo a narrativa.

Rio e União assinam acordo de recuperação fiscal

Até dezembro deste ano, estado pagará ao Tesouro Nacional, a partir de agosto, cerca de R$ 300 milhões por mês.

Últimas Notícias

Crescem buscas por passagens aéreas

Com férias de julho à vista, procura sobe em até 99% para voos internacionais e 108% para domésticos

Geladeiras devem exibir nova etiqueta de eficiência

Comércio varejista tem prazo até 30 de junho de 2023 para continuar vendendo os produtos com a etiqueta antiga.

Mercado pet deve crescer 14% em 2022

Chile é o país que mais importou produtos pets brasileiros no primeiro trimestre; setor prevê novas exportações neste ano.

FGTS vira moeda do governo para movimentar a economia

Atualização monetária das contas do Fundo não acontece e trabalhador continua no prejuízo.

EUA: tiroteio em escola bate maior número em 20 anos

Segundo relatório, houve apenas 23 incidentes com vítimas fatais durante o ano letivo de 2000/2001.