Caixa: aquisições de crédito imobiliário totalizam R$16,1 bi no 1º tri

Volume foi 103,1% superior ao primeiro trimestre de 2020.

As contratações de crédito imobiliário da Caixa com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) totalizaram, no primeiro trimestre de 2021, R$ 16,1 bilhões, um crescimento de 103,1% em relação ao primeiro trimestre de 2020. Apenas no mês de março, foram R$ 7,2 bilhões aplicados, 146,5% superior ao mês de março de 2020.

A carteira de crédito habitacional alcançou o volume de mais de R$ 514,1 bilhões e 5,6 milhões de contratos em 2021. O banco segue como o maior financiador da casa própria no país, com 68,5% do mercado. Esse resultado é fruto direto de ações dos últimos dois anos, que incluem as reduções de taxas, criação de produtos e implementação da jornada digital do financiamento.

Até março de 2021, a Caixa atingiu um volume de concessão de crédito imobiliário de R$ 28,9 bilhões, crescimento de 35,7% em relação ao primeiro trimestre de 2020. O banco celebrou 134,8 mil novos contratos, beneficiando mais de 485 mil brasileiros em 2021.

No segmento pessoa jurídica, a Caixa contratou a construção de 562 novos empreendimentos, 48% superior ao mesmo trimestre de 2020. São 68,9 mil novas unidades em produção, gerando 212,6 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos. Ao todo, o banco possui 7,3 mil empreendimentos e 940,0 mil unidades em obra. O apoio ao setor da construção civil mantém cerca de 2,3 milhões de empregos, com impacto positivo na economia brasileira.

Desde 1º de março, a instituição oferece quatro modalidades de financiamento imobiliário com recursos da poupança. A nova linha de crédito Poupança Caixa, em seu primeiro mês de lançamento, já ultrapassou a marca de 30% nas contratações diárias.

A linha de crédito imobiliário Poupança possui taxa de juros variável conforme rendimento da Poupança e de acordo com o perfil do cliente. As taxas efetivas partem de 3,35% ao ano, somados à remuneração adicional da poupança: 70% da taxa Selic, quando esta for igual ou menor a 8,5% ao ano, ou 6,17% ao ano, quando a Selic superar 8,5% ao ano. O saldo devedor do financiamento é atualizado mensalmente pela TR.

Leia também:

Refinaria árabe é vendida por mais de 3 vezes valor da brasileira

Pix, varejo e criptomoedas em debate no Payment View

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Votação sobre cobrança de mensalidade em universidade pública é adiada

CCJ decidiu fazer uma audiência pública sobre a PEC 206.

Taxação de refrigerantes é aprovada em comissão do Senado

Senadores querem aumentar a taxação como forma de combater obesidade infantil e diabetes.

Faetec: aluno não quer militarização. Quer valorização do modelo atual

Alerj estuda levar debate às escolas.

Últimas Notícias

Solidus Aitech arrecadou mais de US$ 10,5 mi de fundos com tokens

Serviço de computação de alto desempenho (HPC) quer 'democratizar a IA'.

Pão pita tradicional poderá ser feito em escala industrial

Novo sistema é capaz de produzir até 1.000 quilos/hora de pita.

Policiamento reforçado em terreiros de umbanda e candomblé de Itaboraí

Terreiros foram ameaçados por pastor evangélico em show gospel.

Rodoviária do Rio inicia a 24ª Campanha do Agasalho

Desde a 1ª edição, em 1999, quase 1 milhão de peças já foram doadas.

Votação sobre cobrança de mensalidade em universidade pública é adiada

CCJ decidiu fazer uma audiência pública sobre a PEC 206.