Caixa fecha parceria em cartões pré-pagos

A Caixa Econômica Federal, em fato relevante nesta quarta-feira, comunicou que sua subsidiária integral Caixa Cartões Holding S.A. (“Caixa Cartões”) concluiu a operação e a implementação do acordo com o consórcio composto pelos parceiros VR Benefícios e Fleetcor- ticker NYSE: FLT – (“VR-Fleetcor”) para formação de nova parceria societária do tipo joint venture, que terá o direito de explorar o balcão Caixa por 20 anos, no segmento específico de negócios relacionados a meios de pagamento pré-pagos, conforme Fato Relevante divulgado ao mercado em 11 de maio de 2021.
Para tanto, todas as condições precedentes ao fechamento da operação foram cumpridas, incluindo as aprovações regulatórias necessárias à constituição da nova companhia Caixa Cartões Pré-Pagos S.A. (“Caixa Pré-Pagos”).
A VR-Fleetcor subscreveu um aumento de capital na Caixa Pré-Pagos no valor total de R$ 420 milhões, dos quais R$ 400 milhões foram pagos à Caixa, em razão da ativação da outorga concedida à Caixa Cartões e R$ 20 milhões comporão o investimento inicial da operação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Teoria econômica é tema de workshop gratuito

Trazer novas contribuições das atuações em seus respectivos campos de pesquisa

Karla Sabah lança ‘On A Clear Day (You Can See Forever)’ no dia 2/6

Lançamento acontecerá nas plataformas e no YouTube.

15 anos de Estética In Rio

Setor continua sendo um dos mais indicados para investimentos 2022.

Últimas Notícias

Despesas de planos médicos atingiram R$ 206 bi na pandemia

Estudo mostra que aumento de 24% durante um ano está relacionado com a retomada de procedimentos médicos a partir de 2021.

Tunisianos investem em azeite orgânico para entrar no Brasil

Segundo executivo, Tunísia está em primeiro lugar no ranking global de azeites orgânicos.

População mais pobre está bastante pessimista em relação ao Brasil

Em contrapartida, segundo a Associação Comercial de São Paulo, classes AB e C mostram cada vez mais confiança na economia do país.

Saques extraordinários já somam 20% do patrimônio do FGTS

Para deputado, 'a nobreza do gasto não justifica o desvio do seu uso'.

Bolsas globais sobem após movimento do BC chinês

Corte de juros na China é um sinal positivo para Brasil, de modo que a Bolsa local possa acompanhar o bom humor global.