Caixa preta

O aumento da demanda mundial não é a única, nem provavelmente a principal, explicação para a fenomenal alta do preço do petróleo no mercado mundial. Série histórica dos últimos dez anos compilada pela Platts, baseada em dados da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e da Standard & Poors, revela que a Opep ampliou sua participação de 30,7% do consumo mundial, em 1988, para cerca de 33,3% este ano.
É verdade, como assinala a Platts, que, em outubro de 99, pela primeira vez, a queda da produção da Opep coincidiu com o aumento da demanda mundial. No entanto, segundo as projeções da própria empresa, este ano a organização voltou a aumentar sua produção, enquanto a demanda se estabilizou em relação ao ano passado. Em termos absolutos, a produção dos países da Opep passou de 20 bilhões de barris/dia, em 1988, para cerca de 25 bilhões de barris/dia, este ano, enquanto o consumo mundial subiu de 65 bilhões de barris/dia para 75 bilhões/dia, durante o mesmo período.
Ou seja, a questão é bem mais complexa do que a justificativa via aumento da demanda pretende explicar. Nesse cenário, a procura de outras respostas na ação dos players dos mercados de futuros de petróleo é apenas uma das muitas possibilidades abertas pelos números.

Prioridades
FH acusa os integrantes do MST de querer dinheiro de graça. Neste governo, isso é uma heresia. Dinheiro fácil só para banqueiros falidos.

Treinamento
No interior dos Estados Unidos foi criado recentemente um curioso centro de treinamento. Lá as pessoas aprendem, em cursos levados a sério, como jogar bolo no rosto de autoridades, como deitar na frente de carros, impedir a passagem da polícia, driblar seguranças e todas as técnicas de protestos pacíficos.

Ausente
A ausência do candidato à reeleição Luís Paulo Conde, do PFL, frustrou os espectadores da TV Universitária e ouvintes das rádios comunitárias que esperavam assistir, na noite de terça-feira, a um debate entre os candidatos à Prefeitura do Rio. Conde, seguindo escola iniciada por Collor e repetida por FH em 98, preferiu desistir de participar e expor suas idéias, o que acabou cancelando o debate. A decisão de não realizar o programa impediu que um público seleto conhecesse as idéias dos demais candidatos, a maioria  deles com pouco tempo no horário eleitoral gratuito.

Emprego em pauta
O Conselho Federal de Economia (Cofecon) promove, no próximo dia 29, em Curitiba (PR), a terceira etapa do ciclo de debates “A questão do desemprego e as políticas públicas”. Os expositores serão os professores Jorge Mattoso (Unicamp), Liana Frota Carleial (UFPR) e Juarez Varallo (Tribunal Regional do Trabalho do Paraná e do Cofecon). O debate será coordenado por Nelson Karam, do Dieese-PR  e do Corecon-PR.

Ilha da fantasia
A afirmação do presidente FH de que pretende tornar todos os serviços prestados por seu governo acessíveis à população via Internet talvez seja a melhor síntese do seu governo. Como apenas 3% dos brasileiros têm acesso a computadores, os serviços disponíveis vão continuar sendo o que hoje são: meramente virtuais.

Artigo anteriorA viúva paga
Próximo artigoFactóide
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

Mudar preços implica parar venda de refinarias

Mercado financeiro cobrará deságio, e Petrobras precisa de ativos para poder operar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.

PEC Emergencial pode sair da pauta do Senado desta quinta

Parlamentares resistem a cortes na saúde e educação e propõem votar apenas questão do auxílio emergencial.

Desdobramentos da intervenção na Petrobras

Percepção é de que o 'superministro' de Bolsonaro pode estar ficando cada vez mais isolado.

IPCA-15 de fevereiro ficou abaixo da expectativa

Índice mostra variação mais fraca que o esperado em alimentação, educação; já saúde e transportes vieram mais fortes que a expectativa.

Tentativa de superação

Ontem foi dia de recuperação da Bovespa, liderada pelas ações da Petrobras, Eletrobrás e setor bancário.