Câmara aprova renda mínima de até R$ 1,2 mil por família

Governo havia proposto um auxílio de apenas R$ 200.

Conjuntura / 21:28 - 26 de mar de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Câmara dos Deputados aprovou pagamento de um auxílio emergencial aos mais pobres no valor de R$ 600 enquanto durar a pandemia do coronavírus. O auxílio será concedido durante três meses para as pessoas de baixa renda afetadas pela crise. “Poderemos chegar a R$ 1.200 por família”, disse, à Agência Câmara, o deputado Marcelo Aro (PP-MG), relator do projeto, que foi aprovado por acordo. O benefício deve beneficiar 25 milhões de pessoas.

O Governo Bolsonaro havia proposta um auxílio de apenas R$ 200. Pressionado por parlamentares de todos os partidos, a equipe econômica aceitou elevar o valor para R$ 500. Finalmente, o líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), informou que o Executivo concordou em aumentar para R$ 600.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor