27.6 C
Rio de Janeiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

Câmara aprova segundo impeachment de Trump

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou o impeachment do presidente Donald Trump, que foi acusado de incitar uma insurreição contra o Governo dos Estados Unidos. O impeachment na Câmara desencadeia um julgamento no Senado, ainda controlado pelos republicanos, partido do presidente. O Senado retorna do recesso em 19 de janeiro.

O único artigo do impeachment foi aprovado pela Câmara, de maioria democrata, por 232 a 197. Dez votos foram de republicanos. Trump dará lugar a Joe Biden no próximo dia 20.

A votação realizada com as forças da Guarda Nacional e a polícia protegendo o Capitólio, que foi cercado por uma cerca de segurança erguida após o tumulto de 6 de janeiro.

Trump é o primeiro presidente a sofrer o processo duas vezes. No anterior, o Senado recusou dar prosseguimento ao impeachment. É incerto como os senadores republicanos irão votar. Nesta quarta-feira, o líder Mitch McConnell enviou carta aos seus colegas afirmando que está indeciso sobre seu voto.

Outra dúvida é sobre se o Senado pode condenar Trump ao impeachment após a saída dele do cargo.

Leia mais:

Trump: ‘Nem pensar em derrubar esse muro’

Trump tinha razão, e essa foi sua derrota

 

Artigos Relacionados

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Empregado que se recusar a tomar vacina pode levar justa causa

Para especialista, empresa pode demitir funcionário, por trazer riscos sanitários para colegas, mas recomenda tentar conversa antes de medidas definitivas.

BRF conclui aquisição de processadora na Arábia Saudita

Companhia amplia presença e investirá cerca de US$ 7,2 mi para ampliar capacidade da processadora de alimentos Joody Al Sharqiya Food.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Os desafios para Joe Biden nos EUA

Avanço da Covid-19 pode fazer com que democrata e equipe tenham que apagar alguns incêndios no começo do mandato.

Mercados sobem em véspera do Copom

Campos Neto, presidente do BC, participa da primeira sessão da reunião do Copom.

Mercados locais sobem seguindo Bolsas mundiais

Dia amanhece com tendência de alta para o mercado interno, seguindo NY na volta do feriado.

Contra tudo temos vacina

Dia promete ser de mais recuperação da Bovespa, dólar fraco e juros em queda.