Campanha do Mercado Livre com foco nas ofertas do Novembro Black

A Black Friday do Mercado Livre, empresa de tecnologia para e-commerce e serviços financeirosjá começou. A Novembro Black trará descontos de até 70%, com ofertas em todo o sortimento de produtos disponíveis no marketplace, como eletroeletrônicos, produtos para a casa e limpeza, moda, entre outros.

Para divulgar a iniciativa, a empresa lançou uma campanha de marketing exclusiva para a temporada de compras que antecede a Black Friday, desenvolvida pela agência GUT. São quatro filmes que têm como protagonistas os percentuais de descontos que podem ser obtidos pelos consumidores em itens das mais diversas categorias oferecidas na plataforma.

A ideia é mostrar a abrangência da Black Friday do Mercado Livre, que possui descontos agressivos, destacando o grande sortimento de produtos encontrado no marketplace. O plano de mídia prevê a exibição nos filmes em TV aberta, digital, out of home e canais proprietários.

“Os meses de novembro e dezembro são tradicionalmente os mais relevantes em vendas para o Mercado Livre, por conta da Black Friday e do Natal. A Black Friday de 2019 foi 23,6% superior a do ano anterior, o que revela que o consumidor está cada vez mais habituado a aproveitar a data para equipar a casa ou adquirir um objeto de desejo, como um novo celular, por exemplo. Para 2020, a expectativa é ainda maior, principalmente por conta da pandemia, que trouxe mais de 2,6 milhões novos consumidores para a nossa plataforma, somente no período de fevereiro a abril”, conta Fernando Yunes, vice-presidente sênior e líder do Mercado Livre no Brasil.

Segundo pesquisa elaborada pelo Mercado Livre, com dados do Ipsos e da Ebit Nielsen, 58% dos entrevistados declararam que comprarão na Black Friday deste ano e, 45%, são motivados pelos descontos oferecidos na data. “Vislumbrando esta oportunidade, antecipamos a Black Friday, ampliando os descontos para todo o mês de novembro. A Novembro Black vem ao encontro das aspirações deste consumidor. Além disso, 55% das pessoas que compraram na Black Friday 2019, também compraram em dezembro. Este movimento deve se repetir em 2020”, reitera Yunes.

“O consumidor que realiza compras na Black Friday, deseja encontrar um produto que encaixe não só em seu orçamento, mas também em sua rotina. É uma compra pensada, as pessoas esperam a data porque sabem que podem obter bons preços. É por isso que os descontos são atrativos, mas nem sempre se convertem na finalização de uma compra – para de fato vender, é preciso humanizar esse processo, o cliente precisa saber que pensamos em suas necessidades. Foi com essa ideia que decidimos tornar os descontos nossas estrelas dos filmes”, explica Bruno Brux, ECD da GUT, agência que assina a campanha.

Live Shop

Para evidenciar os descontos e o sortimento de produtos disponíveis na sua plataforma durante toda a Novembro Black, o Mercado Livre está promovendo a iniciativa “Live Shop”, que consiste em duas lives, que serão transmitidas via página do Facebook da companhia. A concepção e organização do evento conta com apoio da agência GUT.

O Mercado Livre é a primeira empresa da América Latina a utilizar a nova tecnologia do Facebook, denominada Live Shopping. A ferramenta visa engajar e envolver ainda mais a audiência, casando a alta intenção de compra – por ocasião da data – com as facilidades do e-commerce, criando um Shopping personalizado, seguro e confortável, pois o cliente poderá “visitar” diretamente da sua casa. Durante as lives, todos os descontos apresentados terão um link direto para o site de compra, para que o consumidor encontre a oferta anunciada de forma rápida e segura.

A tecnologia, que será utilizada de maneira inédita pelo Mercado Livre, vem para transformar a jornada de compra de forma única e eficiente. Com links diretos para as ofertas, a experiência do consumidor será facilitada, pois todos os anúncios citados estarão a um click.

Artigos Relacionados

Petrobras informa sobre acordo com a CEA

A Petrobras informa que assinou com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), acordo judicial para encerramento de litígio e recuperação de crédito pela...

Entidade cobra ao Facebook indenização de meio bilhão

Instituto contesta nova política de privacidade do WhatsApp.

Quebra da lei atingirá cerca de 3,4 mil patentes de medicamentos

Pela lei, o prazo de exclusividade de patentes é de 15 ou 20 anos, conforme o tipo de produto, mas pode ser estendido por até dez anos diante da demora na aprovação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Aprovado projeto que asfixia o direito da minoria em sessões da Câmara

Mudanças começam a valer a partir desta quinta-feira.

Confiança da indústria está maior em maio

'Em meio à crise gerada pela pandemia, Estado tem que ser indutor do crescimento econômico', afirma presidente da CNI.

EUA: CPI teve variação acima do esperado

Foi o maior avanço mensal da leitura subjacente desde a década de 80 do século passado.

Latino-americanos viajam aos EUA em busca de imunização

Um anúncio de uma agência de viagens oferece promoções para que mexicanos viajem aos EUA a fim de receber a vacina contra a Covid-19....

Comportamento é misto na Europa nesta manhã

Nesta manhã, Paris opera em queda de 0,10%.