Carência de defensores públicos no Brasil

Menos da metade das comarcas do País são atendidas.

Embora a Constituição Federal garanta assistência jurídica aos necessitados, 58 milhões de brasileiros ficariam sem acesso à justiça gratuita por falta de defensor público. O Brasil tem 2.762 comarcas, mas os defensores estão presentes em apenas 42%. Infelizmente, apenas 14 milhões de pessoas são atendidas anualmente. Faz-se necessário um concurso público urgente.

 

Vergonha internacional

Embora convidado oficialmente para participar da inauguração do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, o presidente Bolsonaro preferiu participar de um evento em prol do voto impresso. O presidente português Marcelo Rebelo de Sousa, presente ao evento, ficou estarrecido, conforme noticiaram o canal português de TV SIC e jornais daquele país. Fora que ficou surpreso em ser recebido pelo brasileiro sem máscara, em audiência oficial, no Planalto.

 

Flexibilização no Rio

Sem consultar parte do Comitê Científico, o prefeito Eduardo Paes anunciou medidas de flexibilização, inclusive não uso da máscara em ambientes abertos a partir de setembro. Tais medidas precisam ser reavaliadas em função da atual situação pandêmica do Rio, com a nova cepa. Embora a vacinação esteja caminhando bem no município, o grande problema é a população flutuante.

 

Gastronomia nota 10 em Congonhas

O Restaurante Casa da Ladeira, em pleno conjunto barroco do Aleijadinho, em Congonhas, é um exemplo de sofisticação da comida mineira. Sob a batuta de Rosângela Vartulli, traz sabor e glamour.

 

Festa suíça

Para festejar a data nacional, o cônsul Rudolf Wyss, em função da pandemia, enviou uma caixa de guloseimas de várias partes da Confederação Helvética para um grupo de sortudos. Também um vídeo que mostrou o trabalho solidário daquele país com índios e população vulnerável. Merci. Danke. Grazie. Grazia fitg.

 

Realidade olímpica brasileira

Dos 309 atletas que estão em Tóquio, 42% não têm nenhum patrocínio. É uma superação que merece nossos aplausos e um apelo para que se invista mais em esporte.

 

Frase da semana

“Eu construo uma ponte infinita. Ela une e não é sarcástica. Enigmática, no sentido de misteriosa, permite juntar e agregar talentos. Outrora distantes e hoje caminhando com altivez e prosa poética. Ela me lembra o quanto cada um de nós luta para ser o que sempre desejou e pode um dia apenas viver. Une sensibilidades sempre contidas, mas de uma pureza de verdade consumida. Queria apenas que não tropeçassem e que não a considerassem se vivem longe de tudo que é amor incondicional da ressurreição poética de um dia cinzento.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vinhos do Dão: elegância consistente do Centro Norte de Portugal

Dão Experience apresenta a riqueza de sua vitivinicultura com prova virtual de cinco vinhos premiados.

Eleitores brasileiros no exterior

Por Bayard Boiteux

‘Vices’ assumem e dão show de competência

Por Sidney Domingues e Sérgio Braga.

Últimas Notícias

Guedes fica mesmo avaliado com nota baixa

Apesar de abrir a possibilidade de aumentar a crise econômica e do desrespeito ao teto de gastos ou outras regras fiscais para bancar medidas...

Ex-ministro de Temer substituirá Funchal

O ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago assumirá o comando da Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento da pasta. A nomeação foi confirmada nesta sexta-feira...

Receita Federal abre consulta a lote residual de Imposto de Renda

A Receita Federal abriu nesta última sexta-feira consulta a lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês...

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,238 bi em setembro

As vendas de títulos do Tesouro Direto superaram os resgates em R$ 1,238 bilhão em setembro deste ano. De acordo com os dados do...

81% dos brasileiros têm contas em mais de uma instituição financeira

Oito em cada dez brasileiros têm conta em mais de uma instituição financeira, ou seja, controla suas finanças de força desagregada. É o que...