28.1 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 24, 2021

Caridade

Quando se aposentam, 95% das pessoas vêem diminuir sua renda – e consequentemente o padrão de vida; 50% dependem de ajuda de parentes ou de caridade para sobreviver. Os números foram citados pelo presidente da seguradora Nationwide Marítima, Philip Healey, ontem, no 1° Fórum Nacional de Seguros. O executivo escocês defende o aumento da poupança para que as pessoas, ao se aposentarem, possam continuar participando ativamente do mercado de consumo.

Mascarado
Caso o país efetivamente feche o ano superavitário em US$ 1,3 bilhão na conta corrente (balança comercial mais serviços) do balanço de pagamentos, como prevê o Banco Central, será a sétima vez que isso ocorrerá nos últimos 40 anos, conforme levantamento do BNDES. A última vez em que isso aconteceu, em 1992, quando o saldo foi de US$ 6,1 bilhões, coincidiu com o último ano do desastroso reinado collorido. Ou seja, nem sempre ter superávit nessa conta é sinônimo apenas, ou principalmente, de menor dependência externa. Não raro, como agora, é a máscara da recessão.

Faixa preta
Com o título honorário de faixa preta em jiu-jitsu, o prefeito de Duque de Caxias (Baixada Fluminense), José Camilo Zito, já está pronto para “brigar” pela reeleição. “Ele é como nós, um faixa preta da política”, elogiou o lutador Robson Gracie ao prestar a homenagem ao prefeito. A família Gracie foi a introdutora dessa arte marcial no país no início do século passado. Zito frisou que “esta faixa preta não foi conseguida no tatame, mas na vida, pelas lições que ela me deu e pelas transformações que consegui promover na minha cidade”.

Teoria e prática
Um panorama do turismo mundial, o governo Lula e as mudanças no ordenamento turístico brasileiro e os fundamentos de uma política de turismo são os temas principais de Planejamento e Organização do Turismo: teoria e prática (Qualitymark), livro dos professores Bayard Boiteux e Maurício Werner e que será lançado no próximo dia 18, às 19h, num dos principais cartões postais do Rio: o Pão de Açúcar (Morro da Urca). A obra traz também dois casos de sucesso: o da cidade do Rio de Janeiro e do município de Cabo Frio (RJ). O lançamento terá show de marionetes e grupo de jazz.

Prejuízo
Estudo realizado junto a supermercados da Argentina revela que, de cada cem produtos procurados pelo consumidor, 17 estão ausentes das gôndolas, o que representa perda de R$ 500 milhões em vendas. Supermercados brasileiros perdem, em média, 52% das vendas e os fabricantes, 53%, com a falta de produtos nas prateleiras, de acordo com pesquisa da Procter & Gamble.

Anistia
Associação Brasileira de Imprensa (ABI) está dando anistia para os sócios: até 31 de dezembro todas as mensalidades em atraso podem ser quitadas por apenas R$ 20. A entidade – que completa 100 anos em 2008 e tenta sanar os problemas financeiros que se acumularam nos últimos anos – tem 5 mil sócios, mas apenas cerca de 500 estão em dia.

Bom de copo
No ano em que a Bohemia, mais antiga cerveja brasileira, completa 150 anos, o Brasil produz 8,5 bilhões de litros de cerveja por ano. Esse número faz do país o quarto colocado do ranking mundial, atrás apenas de China, Estados Unidos e Alemanha. Nem tudo, porém, é motivo para festa. Embora uma cervejinha ajude a relaxar, é bom lembrar que o alcoolismo é uma das mais graves doenças de saúde pública no país e o álcool, a droga mais consumida no Brasil.

Bomba
O desconhecimento do que é o Ministério Público justifica a inclusão desse importante aparelho do Estado na lista dos menos confiáveis, conforme pesquisa feita pela Ordem dos Advogados do Brasil. É apenas um palpite, mas provavelmente os entrevistados confundiram a atuação dos membros do MP com o ministério do Poder Executivo; daí a nota ruim.

Artigo anteriorDiscurso fácil
Próximo artigoNatal menos salgado
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.